Redes sociais reforçam o combate contra a reforma da Previdência

19 Fevereiro 2018
(1 Votar)

Para enterrar de vez a proposta de reforma da Previdência defendida pelo governo, a Fenafisco retomou nos meses de janeiro e fevereiro, campanha nas redes sociais, com o objetivo de aquecer o debate e engajar a sociedade a defender a Previdência Pública e o direito à aposentadoria.

Com o mote: Não é reforma. É o fim da Previdência, o Fisco estadual e distrital conclamou a população a rejeitar a retirada de direitos e as incertezas que permeiam o futuro do brasileiro, por meio alertas, com pontos cruciais sobre o que vai mudar, caso a reforma seja aprovada.

Com as tags #fenafiscodiznao e #pec287diganão, o trabalho rendeu amplo envolvimento e apoio popular contrário à reforma, somando mais de 190 mil pessoas alcançadas no Facebook, com 17.091 curtidas, 12.542 compartilhamentos, levantamento feito até a dia 19 de fevereiro de 2018.

Uma pesquisa da Vox Populi feita em todo o Brasil, mostrou que 81% dos entrevistados são contra a reforma proposta pelo governo. Em média recebemos 2 mil comentários no Facebook somando todos os 12 cards publicados, e 90% deles reagiram de forma contrária à PEC 287, um retrato da vontade popular.

Confira os Cards da mobilização nas redes sociais em nossa Página no Facebook.

Ler 229 vezes Última modificação em Quinta, 22 Fevereiro 2018 11:51