Parlamentares que lutaram contra a reforma da Previdência, recebem agradecimento do Fisco Estadual e Federal

22 Fevereiro 2018
(0 votos)

Em face da posição do governo de não votar a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 287/16, pelo menos até outubro, a Fenafisco realizou reunião, na terça-feira (20), em Brasília, para avaliar, junto aos dirigentes do Fisco Federal (Anfip e Sindifisco Nacional/DF), os desdobramentos da decisão.

Entre os encaminhamentos adotados, o grupo deliberou por fazer um “corpo a corpo” no Congresso Nacional, sob uma ótica positiva, para agradecer os parlamentares e partidos que enfrentaram a reforma da Previdência, em favor dos trabalhadores e da sociedade.

A estratégia consistiu em entregar às lideranças um documento simbólico elaborado e assinado pelas entidades envolvidas, reconhecendo o permanente esforço, resistência e firme posicionamento dos deputados, contra o desmonte do estado social, com o objetivo de ampliar o debate e esclarecer pontos obscuros da Reforma da Previdência.

A carta de agradecimento reconhece os problemas atinentes à Seguridade Social, ao mesmo tempo em que aponta a urgente implementação medidas que combatam a fraude de benefícios, sonegação fiscal e a cobrança dos devedores, como fontes de fortalecimento e maior sustentabilidade da Previdência Pública.

Foram contatados os parlamentares Orlando Silva (PCdoB/SP), Ivan Valente (PSOL/SP), Pompeu de Matos e Afonso Motta (PDT/RS), Zenaide Maia (PR-RN), Weliton Prado (PROS-MG) Felipe Bornier (PROS/RJ), Julio Delgado (PSB/RJ), Arnaldo Jordy Figueiredo (PPS-PA), Lincoln Portela (PRB/MG), Leandre (PV/PR), Diego Garcia (PHS/PR), Luciano Ducci (PSB/PR), Danilo Cabral (PSB/PE), Felipe Bornier (PROS/RJ), Moisés Diniz (PSB/AC), Raimundo Angelim (PT/AC), Dogoberto (PDT/MS), Paulo Paim (PT-RS), Fátima Bezerra (PT-RN), entre outros.

Confira aqui a íntegra do documento:

Clique aqui e confira os registros dos trabalhos nos dias 20 e 21 de fevereiro.

Ler 302 vezes Última modificação em Segunda, 26 Fevereiro 2018 16:13