Fenafisco participa do 1º Congresso da Confederação Latino Americana de Trabalhadores de Ingressos Públicos

13 Setembro 2019

Representando o Brasil, o diretor de Aposentados e Pensionistas da Fenafisco, Celso Malhani, participou nos dias 5 e 6 de setembro, do 1º Congresso promovido pela Confederação Latino Americana de Trabalhadores de Ingressos Públicos – COLTIP, realizado em Buenos Aires, com o objetivo de alinhar, junto aos demais integrantes, os dispositivos do Estatuto da entidade.

Na oportunidade, além de aprovado o Estatuto, houve eleição para a diretoria da COLTIP, tendo Celso Malhani sido indicado como Secretário de Organização da Confederação, em caráter precário, porque dependente da filiação da Fenafisco à referida entidade internacional. A Fenafisco vem participando de reuniões pontuais desde a constituição da entidade, na condição de colaboradora (não filiada), representante do Brasil.

Durante o encontro a diretoria empossada deliberou pela realização de nova reunião, com data a definir, para a elaboração do planejamento estratégico da COLTIP e ações para consolidar a participação de todos os países da América Latina e Caribe à entidade, de modo a trabalhar de forma integrada por uma agenda comum.

Outro ponto deliberado pelos dirigentes versou sobre a representação da entidade junto à Organização Internacional do Trabalho (OIT), no sentido de atender os trabalhadores em sua área de representação, por meio de Convenções, Recomendações e Resoluções da OIT que contribuem para o bem-estar das organizações afiliadas.

PROPÓSITOS

Entre os objetivos da Confederação versam pontos que primam por

-Fortalecer os laços com todas as organizações da América Latina e do Caribe, cujos afiliados atuem nas administrações tributárias nacionais, estaduais, provinciais e municipais, de modo a consolidar a autonomia administrativa, técnica, operacional, financeira e orçamentária das Agências Fiscais e agir em conjunto, contra as políticas de enfraquecimento;

-Promover formação sindical, técnica e / ou tributária entre os trabalhadores das organizações signatárias do presente;

-Estabelecer acordos de cooperação mútua em assuntos sociais, culturais e turísticos entre as organizações integrantes da Confederação;

-Agir com suas afiliadas para promover a Justiça Fiscal, a equidade e a progressividade dos impostos na região, por meio de estudos, congressos, conferências e qualquer outra atividade similar.

Ler 238 vezes Última modificação em Sexta, 13 Setembro 2019 17:03