Sindifern-RN: Fisco realiza blitz na BR-101 e fiscalização itinerante nos pontos comerciais na grande Natal

27 Novembro 2017
(0 votos)

Os motoristas que entraram no Rio Grande do Norte pela BR 101, divisa com o Estado na Paraíba, nesta quinta-feira (23), foram surpreendidos com uma fiscalização conjunta do Fisco Estadual, com as Polícias Rodoviária Federal e Militar. A blitz foi montada no antigo posto fiscal de Caraú e o objetivo foi fiscalizar a entrada de cargas e mercadorias sem nota fiscal, numa ação de combate à sonegação fiscal.

“O Fisco do RN está mobilizado e incrementando a arrecadação própria do Estado. Estamos aqui para essa fiscalização de mercadorias em trânsito, abordando caminhões, ônibus, carros de passeio. Contando com o apoio das polícias (PRF e PM) para ajudar o Estado a sair dessa crise. Os auditores fiscais, apesar dos atrasos de salários, apesar das condições precárias de trabalho, estão dando uma demonstração que a solução para tirar o Estado da crise passa necessariamente pela Secretaria de Tributação”, explicou o presidente do Sindicato dos Auditores – Sindifern, Fernando Freitas.

A operação de combate à sonegação fiscal nas mercadorias em trânsito começou nas primeiras horas da manhã e se estendeu até às 16h, com a participação de mais de 30 auditores fiscais. Foram abordados cerca de 500 veículos, lavrados 15 termos apreensão de cargas irregulares, além de retenção de impostos vencidos e para pagamento de ICMS antecipado.

Enquanto um grupo de auditores trabalhava na barreira fiscal da Rodovia BR 101, outro visitava empresas na Grande Natal, com foco na identificação dos contribuintes em situação cadastral irregular. O trabalho consistiu em autuação, notificação sobre débitos tributários e orientação sobre a correta emissão da NFCe (Nota fiscal ao Consumidor). Cerca de 40 Auditores Fiscais do Estado participaram deste grupo de fiscalização nos estabelecimentos, sendo visitadas mais de 400 empresas e autuados diversos contribuintes com mercadorias em situação irregular.

Fonte: Sindifern - RN

Ler 20 vezes