Sintaf-CE: Incorporação do piso do PDF será negociada diretamente com o Governador

01 Fevereiro 2018
(0 votos)

Os fazendários cearenses lotaram o auditório da Sefaz, na manhã desta quarta-feira (31/1), para discutir a incorporação do piso do PDF aos seus vencimentos. Reunidos em Assembleia Geral Extraordinária (AGE), eles decidiram levar o pleito diretamente ao governador Camilo Santana, além da proposta apresentada pelo secretário da Fazenda, Mauro Filho. Uma nova Assembleia foi marcada para o dia 26 de fevereiro.

No início da AGE, o diretor de Organização do Sintaf, Lúcio Maia, apresentou análise sobre o impacto financeiro mensal da incorporação do piso, tendo por base a folha salarial de novembro do ano passado. Ele destacou que a implementação do pleito é viável e o acréscimo na folha da Sefaz equivale à reposição inflacionária do período analisado. “A proposta do Sintaf é incorporar 100% do piso aos vencimentos, garantindo segurança jurídica de imediato. Já o efeito financeiro pode ser negociado”, explicou.

A proposta do secretário Mauro Filho, exposta na reunião do último dia 24, consiste em incorporar aos vencimentos apenas 19,10% do valor do piso do PDF, o que teria repercussão nas gratificações. “Mas isso não vai resolver a insegurança jurídica do piso do PDF”, alertou Lúcio. A proposta suscitou muitas dúvidas entre os presentes que, ao final da Assembleia, decidiram levá-la para a mesa de negociação com o Governador. Para os servidores, a proposta do Secretário é válida, desde que componha o compromisso de incorporar 100% do piso do PDF.

“Nós provamos aqui que o nosso pedido é viável. A Diretoria já está articulando politicamente uma audiência com o Governador”, destacou o diretor Ubiratan Fontenele (Bira). “Não podemos aceitar a proposta do Secretário tal como está posta. Vamos nos manter firmes e, se necessário, partimos para uma paralisação”, acentuou o delegado sindical Paulo Rossano.

Confira as deliberações

▪ Levar o pleito da incorporação do piso do PDF ao governador Camilo Santana, bem como a proposta do secretário Mauro Filho;
▪ Estado de Assembleia permanente;
▪ Nova Assembleia Geral em 26 de fevereiro de 2018.

Fonte: Sintaf - CE

Ler 226 vezes Última modificação em Quinta, 01 Fevereiro 2018 09:51