Sindafep e servidores do Fisco atuam na Câmara contra a PEC 287

09 Maio 2017
(0 votos)

O presidente do Sindafep, Wanderci Polaquini, esteve com outros representantes do fisco de todo o país acompanhando ontem (3) a sessão da Comissão Especial da Câmara dos Deputados, na qual foi aprovado o relatório da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287/2016, que trata da Reforma da Previdência. Foram 23 votos a 14. O Governo precisava de 19 votos. Não houve nenhuma abstenção.

O resultado já era esperado, uma vez que os partidos da base governista podem trocar membros indecisos ou contrários por outros fiéis à vontade do governo.

A ação, a partir de agora, vai se concentrar nos destaques de bancada, já que provavelmente os parlamentares irão derrubar os destaques individuais. Serão 14 os destaques deste tipo. A Fenafisco teve acesso a 8 e a assessoria da Federação deve encaminhar em breve dos últimos 6 destaques.

Os servidores trabalharão para obter os 5 votos da base do Governo – que são suficientes para aprovar os destaques de interesse da categoria.

Segundo Polaquini, um dos destaques mais importantes é do PDT, trabalhado diretamente pela Fenafisco e Fonacate. Este destaque retira a idade mínima – 62 anos para mulheres e 65 para homens – para obtenção da integralidade/paridade na regra de transição.

Fonte: Sindafep

Ler 45 vezes Última modificação em Sexta, 12 Maio 2017 12:02