Sindafep-PR: VI Prêmio Gestor Público Paraná

08 Outubro 2018
(0 votos)

Projetos de regionais do interior são foco do terceiro e quarto dias de apresentações do PGP-PR

O Comitê Técnico do VI Prêmio Gestor Público Paraná (PGP-PR) conheceu um pouco mais sobre os projetos inscritos pelas regionais de Londrina , Jacarezinho, Pato Branco, Maringá, Guarapuava, Ponta Grossa e Cascavel na última quarta-feira (3) e quinta-feira (4).

As apresentações reuniram iniciativas em áreas como agricultura, educação, segurança, iluminação pública e limpeza urbana com ênfase em coleta seletiva de resíduos. Assim como nas análises anteriores, o diálogo sobre os projetos aconteceu em dois espaços – na sede antiga do Sindafep e no Detran, onde todo o processo foi transmitido ao vivo pela internet.

Para o auditor fiscal Acir Ribeiro Esturaro, que apresentou algumas das propostas, a participação da categoria em uma ação como o PGP-PR demonstra comprometimento com a população paranaense e tem o potencial de promover mudanças sociais em cadeia.

“Muitas vezes, temos municípios vizinhos que têm projetos parecidos, mas um não fica sabendo do outro. Com o Prêmio, criamos possibilidades para que essas prefeituras conversem entre si, se ajudem e ampliem as boas ações”, ressaltou Esturaro.

As últimas apresentações do PGP-PR serão realizadas amanhã (5), das 8h30 às 16h30. O bloco final desta etapa do Prêmio irá analisar os inscritos da regional de Umuarama e Guarapuava. O último encontro do Comitê Técnico nessa fase acontecerá exclusivamente nos estúdios do Detran.

Já o auditor fiscal da 3ª Delegacia Regional da Receita (DRR) Arivaldo Antunes Rodrigues ressaltou o potencial de todos os projetos inscritos para provocar uma grande transformação social em todo o Paraná.

“A maioria dessas iniciativas pode ser facilmente replicada em outros municípios. Neste ano, inclusive, temos projetos que já foram inscritos em anos anteriores  e agora em 2018 estão em fase de implantação em outras localidades. Isso também é mérito do Prêmio”, declarou Rodrigues.

Finalizadas as apresentações, os projetos serão repassados para a Comissão Julgadora, que atribuirá notas às competências de cada iniciativa. A divulgação dos inscritos classificados será feita na primeira quinzena de novembro.

Fonte: Sindafep - PR

Ler 12 vezes