Operação Poseidon, ação conjunta com a Receita Estadual

19 Novembro 2018
(0 votos)

Sete fábricas de água adicionada de sais foram interditadas e quatro pessoas foram presas em flagrante durante a recente “Operação Poseidon”, realizada em municípios da Paraíba. Uma ação conjunta contou com a Secretaria da Receita Estadual (SER-PB), com o Ministério Público da Paraíba (MPPB), em parceria com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e Secretaria de Segurança e Defesa Social.

A Secretaria da Receita detectou diversas irregularidades, entre os quais, a ausência de nota fiscal de compra dos produtos adicionados à água, o que dificulta saber a procedência e qualidade dos insumos.

Uma das fábricas funcionava sem selo de garantia e comercializando o produto sem emitir nota fiscal. A fábrica foi interditada por problemas sanitários graves e teve também todos os 240 vasilhames retidos pela Receita Estadual.

A partir dos documentos apreendidos e do levantamento que será realizado, a Receita Estadual vai investigar, de forma pormenorizada, a movimentação das empresas e as possíveis infrações cometidas, com as devidas punições diante das ilicitudes, dentre elas o crime de sonegação fiscal.

O Sindifisco-PB parabeniza auditoras e auditores fiscais engajados no trabalho conjunto com outras entidades.

Fonte: Sindifisco - PB

Ler 33 vezes