PR | Sindafep: Com auditório lotado, Auditores Fiscais da Receita do Estado lançam em Curitiba livro com histórico do combate à corrupção

02 Setembro 2019

Iniciativa apoiada pelo Sindafep, traz um compilado de artigos, escritos por agentes e servidores públicos que integram carreiras típicas de Estado, com enfoque no combate à corrupção

No último dia 26 de agosto, durante o 3º Congresso Pacto pelo Brasil, foi lançado o livro Carreiras Típicas de Estado — Desafios e Avanços na Prevenção e no Combate à Corrupção, com a colaboração de 3 Auditores Fiscais da Receita do Estado do Paraná e organização da Procuradora da Fazenda Nacional, Regina Hirose. O evento, realizado no Centro de Eventos da Federação das Indústrias do Estado do Paraná (FIEP), contou também com uma mesa-redonda com um dos autores, Claudio Carlos Welzel, e a organizadora.

Publicado em celebração aos 30 anos da Constituição Federal, os 27 artigos de agentes e servidores públicos abordam escândalos que abalaram o Brasil durante esse período, traçando um panorama sobre as atividades realizadas contra a corrupção e sinalizando novas medidas a serem aplicadas nos desafios enfrentados hoje. Em um capítulo dedicado ao Fisco Paranaense, é possível enxergar como a tecnologia teve um papel crucial para que o Paraná se tornasse modelo internacional no combate à corrupção.

Graças ao avanços tecnológicos diversas inovações foram implementadas no Fisco Paranaense, tais como: os documentos e livros fiscais eletrônicos, que trouxe benefícios aos contribuintes, contadores e para o Fisco; a eficiência na execução de auditoria fiscal, em que agora os Auditores detém os dados do Comando de Auditoria Fiscal (CAF) de forma eletrônica, devidamente autorizada e validada; a dispensa do contato pessoal entre contribuintes, contadores e Fisco, evitando o surgimento de oportunidades para propostas ilícitas; a fiscalização de contribuintes de outra circunscrição, visto que com os documentos e livros fiscais digitais, é possível fiscalizar qualquer contribuinte do território paranaense com acesso integral aos seus dados; entre outras ações pensadas para a melhor execução do trabalho.

Tais ações não apenas tornaram transparente o processo de Administração Pública no Paraná como também ofereceram maior eficiência na identificação de fraudes e no combate à corrupção. Entretanto, a Coordenação da Receita Estadual (CRE) sabe que esse é um trabalho que deve ser feito em conjunto com a sociedade. Por isso, o Fisco Paranaense promove inúmeras atividades de educação fiscal, também abordadas no artigo e que visam conscientizar a comunidade sobre a importância da Administração Tributária Estadual. O Programa Nacional de Educação Fiscal (PNEF), a Vendinha do Fisco, o Teatro da Cidadania Fiscal, os Núcleos de Apoio Contábil e Fiscal, a Interação com observatórios sociais e seminários e o Programa Nota Paraná são algumas dessas atividades.

Fonte: Sindafep - PR

Ler 84 vezes