Sindafep-PR | Nova Diretoria se reúne com diretor da CRE para reforçar diálogo e encaminhar demandas da categoria

20 Janeiro 2020

Sindicato e Administração devem trabalhar juntos para zelar pela instituição e pela carreira de Auditores Fiscais


Nesta sexta-feira (17), a Diretoria Executiva Estadual (DEE) do Sindafep, representada pelo presidente Osmar de Araújo Gomes e pelo vice-presidente sindical, Carlos Alberto Stadler, reuniu-se com o diretor da Coordenação da Receita do Estado (CRE), Roberto Zaninelli Covelo Tizon, com o diretor de Assuntos Econômicos e Tributários (DAET), Gilberto Calixto, e com o assessor da diretoria da CRE, Davidson Benjamim Lessa Mendes, para apresentar a nova composição da DEE e encaminhar demandas da categoria.

Na reunião, foram tratados temas importantes para a categoria como os bolões, a questão da validação obrigatória dos filiados e a possibilidade do home office para os Auditores Fiscais da ativa. Os nossos representantes sindicais reforçaram a importância de dar continuidade aos trabalhos que já estão sendo realizados e zelar pela parceria com a administração, visando sempre o bem da nossa instituição. Todos se comprometeram em estabelecer como premissa o diálogo para melhorar as condições da nossa categoria.

BOLÕES
O Diretor da Receita Estadual, Roberto Tizon, garantiu que os primeiros bolões de 2018 já estão bem encaminhados para pagamento e que a intenção dele é que, aos poucos, esses sejam zerados. Os bons resultados são frutos do trabalho que já vinha sendo realizado pelo Sindafep. Em dezembro, o ex-presidente, Wanderci Polaquini, e Osmar de Araújo Gomes já haviam se reunido com o diretor geral da Secretaria de Estado da Fazenda (SEJA), João Luiz Giona Júnior, para acompanhar o andamento dos processos.

VALIDAÇÃO PREVISTA NO DECRETO 3808/2020
O presidente do Sindafep, Osmar de Araújo Gomes, citou, durante a reunião, o transtorno que o Decreto 3808/2020 está causando para todos as categorias de servidores públicos. Reforçou que o Sindicato está trabalhando para que o governador prorrogue essa validação, já que não é possível realizar a validação de todos os filiados em tão pouco tempo, como estabelece o Decreto (o prazo limite é de 10 de fevereiro).

HOME OFFICE
O Sindicato entende que o home office é uma tendência e que tem condições para aumentar a produtividade da Receita do Estado. Acreditamos que esse modelo pode servir de incentivo para segurar alguns colegas que estão prestes a se aposentar, evitando maior redução no quadro de carreira, e também sendo um atrativo para os novos concursados. A reunião reforçou a importância do debate acerca do tema e discutiu possíveis regras desse regime de trabalho dentro do projeto de lei que trata da reestruturação da carreira.

Fonte: Sindafep-PR

Ler 17 vezes Última modificação em Segunda, 20 Janeiro 2020 11:12