Sindifisco-PB | Fisco Estadual vai discutir indicativo de greve

22 Janeiro 2020

Os filiados ao Sindifisco-PB voltarão a se reunir em assembleia geral extraordinária, no próximo dia 6 de fevereiro, para discutir e deliberar sobre o indicativo de greve do Fisco paraibano.

Essa foi a decisão coletiva da última assembleia geral, realizada nessa segunda-feira (20), na sede do Sindicato, com a participação de quase duzentos auditores fiscais, que promoveram um amplo debate sobre a defasagem salarial que é de mais de 45% em relação aos demais Fiscos do Nordeste.

O posicionamento defendido pelo Fisco ocorreu em virtude da não consideração, por parte do Governo do Estado, da proposta de reposição salarial das perdas inflacionárias. A proposta foi construída pela Comissão Paritária composta por representantes do Sindifisco-PB e da Secretaria da Fazenda, Sefaz-PB.

Durante audiência com a diretoria do Sindifisco-PB, o Governo abriu a mesa de negociação, inclusive, autorizando a instalação da referida Comissão encarregada de construir uma proposta de reajuste que fosse viável, financeiramente, para o Estado e contemplasse a categoria fiscal.

Em virtude do anúncio da reposição salarial linear para os servidores públicos, e sem uma única menção à proposta entregue ao Secretário da Fazenda, a categoria fiscal deduziu, como também a diretoria do Sindifisco-PB, que o governo não considerou a proposta entregue pela Comissão.

Mesmo diante de tal situação, a categoria fiscal se mantém aberta ao diálogo, esperando sensibilidade por parte do Governo.

Fonte: Sindifisco-PB

Ler 166 vezes