Sindsefaz convoca Conselho Sindical para definir ações

10 Agosto 2017
(0 votos)

O Sindsefaz está convocando o Conselho Sindical da entidade para uma reunião, no dia 24 de agosto (falta apenas confirmar local), a fim de definir as novas ações políticas e de mobilização do Sindicato, com o intutito de destravar as conversas com a Sefaz e com o governo nos próximos meses. Logo após, uma assembleia da categoria será marcada, para definição do calendário e as formas de luta que vamos desenvolver a partir de então.

Após o grande seminário que reuniu 450 agentes de tributos e auditores fiscais, bem como as ações dos técnicos administrativos, que desde maio vêm realizado protestos por sua GDF, a diretoria do Sindsefaz vem percebendo um ânimo novo na categoria, considerando este o momento ideal para retomarmos as mobilizações conjuntas para pressionar o governo a negociar.

No último encontro com o secretário Manoel Vitório, que tratou da GDF dos técnicos, o Sindicato cobrou do mesmo a instituição de um calendário de negociação. O Sindsefaz acredita que a retomada de conversações produtivas podem apontar alguma luz sobre a pauta dos fazendários, que se encontra sem debate há meses. No geral, governo não negocia a recuperação das perdas e, na Sefaz, o Gabinete não avança nos pontos de nossa pauta específica.

Essa situação não pode perdurar. Os fazendários têm demonstrado disposição para fazer a arrecadação crescer e o bom resultado do último trimestre é consequência deste esforço. Aliás, trabalho que é conjunto de toda a categoria e de todos os setores da Sefaz e não somente de um pequeno e arrogante grupo, que se cala e desaparece quando a situação é ruim, mas sempre arvora para si a autoria dos bons números, quando estes surgem. Normal.

Reconhecer este esforço e valorizar o trabalho de quem produz em situação completamente advbersa, é o mínimo que podemos esperar do Gabinete da Sefaz.

AÇÕES

Antes mesmo do Conselho e da Assembleia, a diretoria do Sindicato vai encaminhar algumas ações políticas. Veja.

1) Divulgar o relatório do seminário sobre fiscalização;

2) Enviará uma carta ao governador Rui Costa e ao secretário Manoel com as opiniões da entidade sobre a atual situação da Fazenda;

3) Buscar junto à Assembleia Legislativa a realização de uma audiência pública para debater a situação da Sefaz;

4) Elaborar um memorial sobre a necessidade da realização de concurso público para todos os cargos da Secretaria;

5) Dar publicidade ao vídeo sobre as condições de trabalho na Sefaz (apresentado no seminário).

Fonte: Sindsefaz

Ler 88 vezes