Novembro 2019

Ministro fala em ‘fortalecer’ entes

União deve repartir R$ 450 bilhões

Plano para o período de 8 anos

Publicado em Na Mídia

Insatisfeitos com os anúncios do governo sobre uma controversa reforma da Previdência, os sindicatos franceses pediram nesta quarta-feira (11) que se intensifique a greve nos transportes públicos, que completa sete dias e mantém em colapso cidades como Paris.

Publicado em Na Mídia

O ministro da Economia, Paulo Guedes, está instruindo os líderes governistas no Congresso a não acelerarem a tramitação da reforma tributária.

Publicado em Na Mídia

"As propostas de reforma tributária que tramitam no Congresso podem incluir tratamentos especiais para as áreas de saúde e educação.

Publicado em Na Mídia

O primeiro-ministro francês, Edouard Philippe, anunciou na quarta-feira (11/12) o projeto integral de reforma da Previdência, que pretende unificar os 42 regimes diferentes do país em um sistema único

Publicado em Na Mídia

Corte decide, por unanimidade, que trabalhadores têm direito a considerar todos os salários recebidos ao longo da vida laboral para definir o valor do benefício de inatividade.

Publicado em Na Mídia

O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) lançou na segunda-feira (9), em Brasília (DF) o Relatório de Desenvolvimento Humano (RDH) de 2019, intitulado “Além da renda, além das médias, além do hoje: desigualdades no desenvolvimento humano no século 21”.

Publicado em Na Mídia

Grupo é contra a reforma administrativa, a redução na jornada de trabalho e as privatizações de estatais. Na sexta, terá protesto

Publicado em Na Mídia

Argentina, Venezuela e Nicarágua registram retrocessos no indicador da ONU. Nos demais, o progresso é escasso, com a desigualdade penalizando sistematicamente

O desenvolvimento humano está avançando na América Latina, embora a uma taxa visivelmente mais baixa do que no restante do mundo e menor do que nas últimas décadas. Todos os países da região, exceto três — Argentina, Venezuela e Nicarágua, economias imersas em crises econômicas e políticas —, melhoraram no ano passado no Índice de Desenvolvimento Humano (IDH que reúne muitas variáveis em todas as áreas), divulgado nesta segunda-feira pelas Nações Unidas. A desigualdade é especialmente cruel no subcontinente — a região mais desigual do mundo — e aumentou sistematicamente nas medições de praticamente todos os países da região. O IDH é uma fórmula para medir o bem-estar da população muito mais completa que a renda per capita: não se atém aos fatores econômicos e inclui variáveis como expectativa de vida e qualidade da educação.

Publicado em Na Mídia