Assessor de Meirelles diz que reforma da Previdência será 1º objetivo

09 Agosto 2018
(0 votos)

O economista José Márcio Camargo, da equipe econômica do candidato à Presidência, Henrique Meirelles (MDB), afirmou que o primeiro objetivo do ex-ministro da Fazenda caso eleito será a aprovação da reforma da Previdência de maneira urgente.

Camargo disse que o orçamento federal previsto para 2019 já está 94% definido e que é impossível executar qualquer programa econômico com 6% do bolo orçamentário.

"Nossa proposta fundamental é rediscutir as renúncias fiscais e diminuir vinculações ao orçamento. Uma das nossas propostas é fazer uma reforma orçamentária para tornar o teto de gastos factível", disse ele em evento da Associação Brasileira de Desenvolvimento (ABDE) com assessores econômicos dos principais presidenciáveis, que acontece em Brasília.

Por fim, o economista também enfatizou a necessidade de uma reforma tributária no país, com ênfase na aprovação de um Imposto sobre o Valor Agregado (IVA). "A ideia é manter a carga tributária, mas fazer um IVA nacional, simplificar o processo tributário e aprofundar reformas feitas nos últimos anos pelo próprio candidato Meirelles", finalizou.

As campanhas de Geraldo Alckmin (PSDB) e Jair Bolsonaro (PSL) foram convidadas pela organização do evento, mas não enviaram nenhum representante. Além de Meirelles, estiveram presentes economistas das campanhas de Marina Silva (Rede), Alvaro Dias (Podemos), Henrique Meirelles (MDB), Ciro Gomes (PDT), Guilherme Boulos (Psol) e de Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Fonte: Valor Econômico

 

 

 

Ler 39 vezes