Impeachment, reforma trabalhista e gastos: o voto dos senadores reeleitos

08 Outubro 2018
(0 votos)

Os senadores que conseguiram se reeleger participaram de votações importantes durante seu mandato anterior. Eles aprovaram a reforma trabalhista, em julho de 2017, modificando diversas regras sobre férias, jornadas de trabalho e contratações, e a PEC do Teto de Gastos, que limita os gastos públicos pelos próximos 20 anos, em novembro de 2016.

Para a próxima legislatura, devem ficar as discussões de temas importantes, como a mudança na maioridade penal, reduzindo de 18 para 16 anos em casos de crimes hediondos, como estupro e roubo seguido de morte. Ela já foi aprovada pela Câmara dos Deputados.

Os parlamentares também selaram um destino presidencial, ao decidir pelo impeachment da petista Dilma Rousseff, em abril de 2016.

Veja como cada parlamentar se posicionou a respeito de cada uma dessas questões. É possível fazer a busca pelo nome do deputado ou pelo partido.

Algumas marcações registram senadores que à época não estavam no exercício do cargo durante a votação em questão e tiveram a decisão feita pelo titular ou pelo suplente.

Fonte: UOL

Ler 49 vezes