Em 8 dias, mais de 2 milhões de pessoas já acertaram as contas com o Leão

15 Março 2019
(0 votos)

Para este ano, a previsão é de que 30,5 milhões de contribuintes façam a declaração do Imposto de Renda

Com apenas oito dias de abertura do programa de declaração do Imposto de Renda, a Receita Federal já recebeu mais de 2,8 milhões de declarações. Para este ano, a previsão é de que 30,5 milhões de contribuintes prestem contas ao Leão.

De acordo com o gerente nacional de Imposto de Renda, Joaquim Adir, o número de declarações desses primeiros dias ultrapassou o do ano passado. “Neste ano, nos dois primeiros dias, tivemos mais de 490 mil declarações. Ano passado, tivemos em torno de 300 mil”, comentou.

O servidor público Marcos Araújo, 41 anos, reuniu todos os documentos necessários para preencher a declaração, mas ainda não teve tempo para completar e enviar o documento ao Fisco. “A correria do dia a dia me impediu de declarar logo na primeira semana, mas pretendo aproveitar o próximo fim de semana para fazer isso”, disse. O servidor organiza a data de declaração de acordo com o estado de suas contas. “Nos anos em que estou mais apertado, declaro no primeiro dia para poder receber logo a restituição. Quando estou tranquilo, deixo mais para o final”, explicou.

Débito automático
De acordo com Reginaldo Silva, gerente de tributos da Mongeral Aegon, além de declarar mais cedo para receber logo a restituição, outra vantagem é que quem enviar até 31 de março e tiver imposto a pagar pode parcelar o valor com débito a partir da primeira parcela. “As declarações entregues após esse prazo deverão pagar a primeira parcela até o dia 30 de abril e somente a partir da segunda parcela será possível o débito em conta”, completou.

O contador Bruno Lopes Camargos, 30, sócio da empresa Camargos Contadores, deu exemplo aos clientes e declarou IR logo na semana de abertura do programa de Receita. “Gosto de me antecipar e queria saber se teria alguma pendência”, disse. Durante o ano, Bruno costuma separar os documentos, o que facilita na hora de declarar. “À medida que fui recebendo os informes de rendimento, já fui colocando”, explicou. Uma das vantagens de fazer logo a declaração é ter acesso ao seu extrato de entrega. Bruno já recebeu e verificou que está tudo correto. “Está tudo ok, nenhum problema”, comentou, satisfeito.

Para Joaquim Adir, apesar de o Brasil estar na frente dos outros países em relação à forma de declaração, o brasileiro não se organiza muito bem para declarar. “A pessoa física, geralmente, se preocupa com isso uma vez ao ano”, disse. Segundo ele, o programa de declaração da Receita tenta ajudar todos os contribuintes. “A maioria não sabe bem como funciona, mas a Receita procura fazer um programa amigável para que todo contribuinte possa fazer a declaração”, comentou.

Em 2019, a Receita estima devolver como restituição cerca de um terço do valor total de declarações. Este ano, há a novidade da obrigatoriedade do CPF de todos os dependentes. Da mesma forma, o contribuinte terá acesso, 24 horas após a declaração, ao extrato que dirá se ela caiu ou não na malha fina, podendo fazer alterações necessárias. 

Novidades no Fisco
Para facilitar o atendimento aos contribuintes, a Receita Federal divulgou ontem duas novidades tecnológicas que vão substituir o atendimento presencial no órgão, que teve, em 2018, 15 milhões de contribuintes. A primeira é o Dossiê Digital de Atendimento à Distância, voltado para pessoas jurídicas, e a segunda o Chat, para pessoas físicas e jurídicas.

O Dossiê Digital de Atendimento substituirá a dinâmica atual de apresentação do contribuinte em uma unidade de atendimento para poder demandar seus serviços. Agora, a própria pessoa criará seu dossiê digital e fará sua demanda. Segundo José Humberto Vieira, coordenador geral de atendimento da Receita, certidão negativa de débitos, certidão de imóvel rural e certidão de obras serão alguns dos serviços disponibilizados e todos serão solucionados em até 48 horas.

Já o Chat servirá para substituir o comparecimento do contribuinte em agências da Receita para as solicitações, como regularização de débitos e conversão de processo eletrônico em digital. Agora elas poderão ser feitas via chat de atendimento no e-CAC (centro virtual de atendimento) e serão respondidas, em tempo real, por servidores do órgão.

A nova forma de Dossiê está disponível desde a tarde de ontem no e-CAC, e o chat começará a partir de 8 de abril. Inicialmente, o chat atenderá apenas os serviços de regularização de débitos e de conversão de processos eletrônicos em digital. Em breve a Receita pretende utilizá-lo para orientar contribuintes com dúvidas sobre o Imposto de Renda. 

Fonte: Correio Braziliense

Ler 60 vezes