Marinho critica posição de Paulinho da Força sobre reforma da Previdência

02 Mai 2019
(0 votos)

O secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, comentou nesta quarta-feira, dia 1º, em sua conta no Twitter, a notícia de que o "Centrão" discute apoiar uma reforma da Previdência com uma economia menor do que a proposta pelo governo com o objetivo de evitar a reeleição do presidente Jair Bolsonaro.

"Esse é o momento de todos pensarem no Brasil e nas próximas gerações e menos nas próximas eleições", disse o secretário na rede social.

Durante evento das centrais sindicais em São Paulo pelo Dia do Trabalho, o líder da Força Sindical, Paulinho da Força, afirmou que os partidos que se reúnem no grupo conhecido como "Centrão" discutem o apoio a uma reforma da Previdência que não garanta a recondução de Bolsonaro ao poder. "O que estamos discutindo dentro do Centrão é que precisamos fazer uma reforma que não garanta a reeleição de Bolsonaro", disse, completando: "R$ 800 bilhões garantem, de cara, e reeleição dele"

Fonte: Estadão Conteúdo | Via UOL Economia

Ler 52 vezes