Reforma tributária deve ser aprovada este ano, diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro disse ontem que o governo buscará fazer a reforma tributária neste ano e negou que vá aumentar impostos.

Para Bolsonaro, se a mudança provocar aumento na carga tributária, “é melhor deixar do jeito que está”. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

 

A reforma de impostos é uma das apostas do Planalto para a retomada do crescimento econômico após a pandemia. Bolsonaro disse que as empresas hoje “gastam muito tempo e dinheiro com os cálculos de prestações de contas e a ideia do governo é simplificar o sistema”.

O candidato apoiado pelo governo à Presidência do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), reconheceu que existem conversas para a criação de um novo imposto nos moldes da extinta CPMF, mas que o assunto só avançará se houver medidas como desoneração da folha salarial.

Ainda segundo o Estadão, o ministro Paulo Guedes pretende reapresentar essa proposta do novo imposto caso Artur Lira (PP-AL) vença a eleição para a Presidência da Câmara, em fevereiro.

Fonte: Yahoo Finanças

Ler 35 vezes