Meirelles: Adesão à reforma tributária nos Estados deve ser automática após decisão do Congresso

O secretário de Economia do Estado de São Paulo, Henrique Meirelles, afirmou que a adesão à reforma tributária nos Estados deve ser automática após decisão do Congresso Nacional. O ex-ministro da Fazenda de Michel Temer avaliou ainda um ambiente mais favorável a aprovação em Brasília.

Henrique Meirelles destacou o programa de concessões e privatizações de São Paulo, desde a Sabesp, estradas, presídios e metrô.

O secretário lembrou também que a aprovação do teto dos gastos, antes da reforma da Previdência, ocorreu justamente pela dificuldade do Governo em discutir a alteração nas aposentadorias.

Fonte: Jovem Pam

Ler 180 vezes