Grazziotin diz que recuperação econômica não se sustenta e defende saída de Temer

A senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) voltou a defender a saída de Michel Temer da Presidência da República pela renúncia ou pela cassação da chapa, e contestou as notícias sobre o fim da crise econômica.

Citando especialistas, Vanessa diz que os indicadores de recuperação da economia não vão se repetir no futuro próximo, pois não há ambiente para novos investimentos.

- Há um ano, quando assumiram o poder, prometeram acabar com o desemprego rapidamente, trazer segurança para a economia. E o que é que aconteceu um ano depois? Dois milhões e seiscentos mil postos de trabalho fechados - disse a senadora.

Vanessa Grazziotin associou a falta de confiança na economia à publicação de suspeitas envolvendo o presidente e seus assessores. A senadora acrescentou que a ex-presidente Dilma Rousseff foi muito menos afetada por denúncias de corrupção do que Michel Temer, e sublinhou que não há precedentes, no Tribunal Superior Eleitoral, que justifique a separação da chapa Dilma-Temer no julgamento que está marcado para esta semana.

Fonte: Agência Senado

Ler 713 vezes Última modificação em Terça, 06 Junho 2017 09:51