Marinho garante texto da Previdência dos militares até dia 20

Secretário especial afirma que proposta, que ainda não foi finalizada, deve incluir aumento no tempo de serviço e da contribuição da categoria

O secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho, reafirmou nesta sexta-feira, 15, que a proposta de reforma previdenciária dos militares será entregue ao Congresso em 20 de março, conforme a promessa original do governo.

Segundo Marinho, a proposta de reforma da Previdência das Forças Armadas, que ainda não foi finalizada, deve incluir um aumento no tempo de serviço e da contribuição dos militares.

Sobre eventuais concessões para militares na reforma, Marinho afirmou: “Se houver entidade que tenha algum benefício especial será preciso mostrar quanto isso vai custar e que isso vai significar menos investimentos em casas populares e na saúde“.

A proposta geral de reforma da Previdência do governo do presidente Jair Bolsonaro já foi enviada ao Congresso, mas líderes parlamentares têm dito que o texto só vai avançar na casa após o envio pelo governo de proposta com alterações na aposentadoria dos militares.

Fonte: Exame

Ler 219 vezes