Reforma da previdência entra na reta final em comissão e Maia quer iniciar reforma tributária

A comissão especial da Câmara que analisa a reforma da Previdência tenta fazer a última reunião de discussão da proposta nesta terça-feira (25), a partir das 9h.

O relatório do deputado Samuel Moreira (PSDB-SP) está em debate desde a semana passada, mas a lista de inscritos para falar ainda contabiliza 77 nomes. O presidente da comissão, deputado Marcelo Ramos (PL-AM), já sinalizou que deve começar a votação no mesmo dia em que for encerrada a discussão.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), comentou na noite desta segunda-feira que o cronograma é aprovar o texto na comissão especial no máximo até a próxima segunda, dia 1 de julho. O Congresso entra em recesso parlamentar no dia 15 de julho.

A votação da Câmara não deve ser rápida, já que deputados e partidos já apresentaram 27 destaques ao relatório sobre a proposta e a oposição ainda tem direito a protocolar outros nove. O próprio relator declarou que deve mudar seu parecer.

"Quanto mais destaques, mais lento o processo. Agora, se houver um acordo consolidado em torno do relatório, não há obstrução eterna. Nós vamos enfrentando a obstrução com votação, vamos vencendo e vamos entregar o que o Brasil precisa, que é a reforma aprovada", comentou Marcelo Ramos.

Fonte: Congresso em Foco |*Com informações da Agência Câmara.

Ler 65 vezes