Concurso Receita Federal: edital para 5 mil vagas

O edital do concurso da Receita Federal está entre os mais aguardados pelos candidatos.

O pedido já foi encaminhado ao Ministério da Economia e prevê o preenchimento de 5 mil vagas.

A Receita Federal do Brasil (RFB) sofre hoje com um déficit de aproximadamente 20 mil servidores. Apesar das diversas demonstrações de real necessidade apontadas por categorias sindicais, a solicitação segue em análise. Sindicatos já apontaram que os serviços prestados à população podem ser severamente prejudicados se nada for feito pelo governo.

No último levantamento realizado em agosto de 2018, foi apontado que o órgão tem mais de 20 mil vagas (mais precisamente 21.237) em aberto. Não bastasse esse volume, número está em constante crescimento dadas as aposentadorias (20% do efetivo está apto a se aposentar), mortes e outras questões administrativas, como exonerações.

Sabe-se que o déficit é de aproximadamente 11.190 para auditores e de 10.040 de analista.

Pedido do Concurso Receita Federal
A última solicitação feita pela Receita é para a abertura de 5.000 vagas, sendo 2.000 para auditor-fiscal e 3.000 para analista-tributário, segundo o diretor do Deret (Departamento de Relações de Trabalho no Serviço Público do Planejamento), Paulo de Tarso Cancela Campolina de Oliveira.

De acordo com o diretor, do total de postos requeridos para a carreira de analista, 1.453 são para preenchimento em caráter emergencial.

A declaração se deu em reunião realizada em setembro do ano passado, da qual participaram membros do Sindireceita (o presidente Geraldo Seixas, o vice-presidente Celso Martins e o diretor de Assuntos Jurídicos, Thales Freitas) e integrantes do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (o diretor do Departamento de Relações de Trabalho no Serviço Público, Paulo de Tarso Cancela Campolina de Oliveira; coordenador-geral de Negociação Sindical no Serviço Público, José Borges de Carvalho Filho; João Gabriel Ribeiro Lemos, chefe da Divisão de Estudos Normativos em Relações de Trabalho; Fremy de Souza e Silva, coordenador-geral do Departamento de Relações de Trabalho no Serviço Público).

Membros do Sindireceita se reúnem com integrantes do Ministério do Planejamento para discutir realização de novo concurso da Receita Federal
Os cargos exigem formação superior em diversas áreas de atuação, com salários iniciais bem atrativos que correspondem a R$ 16.201,64 e a R$ 9.714,42, respectivamente, já incluindo o vale-alimentação de R$ 458.

Vale se preparar para o concurso?
Candidatos já habituados ao mundo competitivo dos concursos, sabem a necessidade de se preparar com antecedência. O conteúdo programático costuma ser extenso e “Deus ajuda quem se prepara“. O concurso é um dos mais concorridos e vale a pena iniciar os estudos com antecedência.

Em entrevista ao Jornal dos Concursos, o auditor-fiscal da Receita Federal e ex-presidente do Sindifisco Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil, Pedro Delarue, disse que:

“as provas são disputadíssimas e as pessoas que estão estudando estão super preparadas, então, é necessário estudar bastante, já que há uma grande variedade de temas”.
A dica para quem deseja se preparar com antecedência é utilizar, como base, o conteúdo programático e as avaliações dos concursos anteriores. 

O último concurso da Receita Federal foi em 2014 e ofereceu 278 vagas para o cargo de auditor-fiscal, sendo organizado e executado pela ESAF.

Etapas do último concurso
Prova objetiva de conhecimentos gerais e específicos
Prova discursiva
Sindicância de vida pregressa
Prepare-se com a prova e gabarito do último concurso da Receita Federal para auditor-fiscal (2014)

Já para a carreira de analista, o concurso anterior foi realizado em 2012 e ofereceu 750 vagas. Foram registrados 93.692 inscritos (média de 125 por vaga). As questões foram sobre Língua Portuguesa, Espanhol ou Inglês, Raciocínio Lógico-Quantitativo, Direito Constitucional e Administrativo e Administração Geral, além de Direito Tributário, Contabilidade Geral, Legislação Tributária e Aduaneira (área Geral) ou Direito Tributário, Contabilidade Geral e Informática (área de Informática).

Prepare-se com a prova e gabarito do último concurso da Receita Federal para analista tributário (2012)

Sobre a Receita Federal
A Secretaria da Receita Federal do Brasil é um órgão específico, singular, subordinado ao Ministério da Fazenda, exercendo funções essenciais para que o Estado possa cumprir seus objetivos. É responsável pela administração dos tributos de competência da União, inclusive os previdenciários, e aqueles incidentes sobre o comércio exterior, abrangendo parte significativa das contribuições sociais do País.

Também subsidia o Poder Executivo Federal na formulação da política tributária brasileira, previne e combate a sonegação fiscal, o contrabando, o descaminho, a pirataria, a fraude comercial, o tráfico de drogas e de animais em extinção e outros atos ilícitos relacionados ao comércio internacional.

Mantenha-se informado ativando nossas notificações automáticas ou se cadastrando em nosso News para receber novidades via e-mail.

Fonte: Alerta Concursos

Ler 98 vezes