Equipe econômica avalia proibir filiação partidária de funcionário público

Em reunião no Ministério da Economia nesta 3ª feira (8.out.2019), integrantes da equipe econômica do governo debateram sobre incluir na reforma administrativa a proibição da filiação partidária de servidores públicos.

As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

O ministro Paulo Guedes (Economia) e o presidente Bolsonaro ainda não avaliaram a proposta. Entre os assessores do governo, a legalidade da medida é questionada, de acordo com a reportagem.

Paulo Uebel, secretário de Desburocratização, disse que as novas normas da reforma só irão valer para os novos concursados públicos.

Fonte: Poder 360

Ler 54 vezes