Norte-americanos vão herdar US$ 764 bilhões em 2020 e pagarão só 2,1% de imposto

Ricos ficam cada vez mais ricos

Estudo sugere aumentar a taxa

Imposto para trabalhador é 15,8%

Os norte-americanos devem herdar US$ 764 bilhões (R$ 3,204 trilhões) em 2020. Mas os herdeiros vão pagar, em média, apenas 2,1% de imposto sobre o valor que receberem. Os dados são de estudo recém-lançado pelo Brookings Institution e divulgado nesta 3ª feira (28.jan.2020) pela Bloomberg. Eis a íntegra (em inglês).

Quem mais recebe herança já está no grupo demográfico mais abastado da sociedade. O baixo imposto incidente sobre essas fortunas passadas de uma geração a outra acaba tornando ainda mais rico quem já está bem de vida.

A autora do estudo, professora de direito Lily Batchelder, da New York University, propõe aumentar o imposto sobre heranças.

“Os impostos sobre a riqueza são uma parte vital dos esforços para mitigar os problemas econômicos, disparidades e, especialmente, a desigualdade de oportunidades. A proposta de aumentar as taxas sobre heranças diminuiria as vantagens usufruídas pelos nascidos no mais alto patamar econômico, sem afetar aqueles que não recebem essas heranças extraordinárias“, escreveu Lily Batchelder.

O Centro de Política Tributária Urban-Brookings estima que a proposta poderia resultar na arrecadação de até US$ 1,4 trilhão nos próximos 10 anos.

Pelo sistema atual, os norte-americanos ricos são obrigados a pagar 40% em legados e presentes a herdeiros. Porém, há maneiras de evitar o pagamento desse imposto. Há mecanismos que permitem, por exemplo, que casais transfiram durante a vida US$ 23,2 milhões para seus filhos sem o pagamento de impostos.

A medida proposta pelo estudo acabaria com o sistema vigente de tributação sobre heranças e o substituiria por 1 novo, no qual aqueles que recebem altos valores passariam a pagar imposto de renda sobre o dinheiro recebido.

A proposta de Batchelder tem ainda 1 impacto político, já que substituiria 1 imposto chamado pelos republicanos de “imposto sobre a morte”–impostos sobre os bens de alguém após a morte. Esses impostos são cobrados do beneficiário que recebe os bens por vontade do falecido antes de transferir a propriedade herdada. O Partido Republicano estava pronto para aprovar uma lei que dobrava a isenção de imposto sobre imóveis.

Os democratas, na esperança de recuperar a Casa Branca e o Senado nas eleições deste ano, estão em busca de ideias para aumentar a receita do governo e tentar reduzir a desigualdade nos Estados Unidos.

Fonte: Poder 360

Ler 89 vezes