Governo têm rombo recorde de R$ 92,9 bilhões em abril, diz Tesouro

As contas públicas do governo federal tiveram rombo de R$ 92,9 bilhões em abril. O resultado representa o maior deficit fiscal desde o início da série histórica, iniciada em 1997.

O Ministério da Economia estima que o deficit seja de R$ 708,7 bilhões em 2020, o equivalente a 9,9% do PIB (Produto Interno Bruto).

Os dados foram divulgados pelo Tesouro Nacional nesta 5ª feira (28.mai.2020). Eis a íntegra.

O deficit é formado quando as despesas superaram as receitas do governo federal. De acordo com o governo federal, a arrecadação do governo federal caiu R$ 43 bilhões am abril com a atividade econômica e o adiamento do pagamento de tributos. Os gastos subiram R$ 60 bilhões.

Fonte: Poder 360

 

 

Em abril, a União iniciou o pagamento do auxílio emergencial, também conhecido como coronavoucher. Cálculos da pasta indicam que o programa temporário vai custar R$ 152 bilhões aos cofres públicos em 2020.

A ampliação de gastos é feita em meio a crise econômica com a pandemia de covid-19. De acordo com o Banco Central, os economistas estimam que o PIB (Produto Interno Bruto) vai recuar 5,89% em 2020.

O desaquecimento da economia gera perda na arrecadação do governo federal, que em abril atingiu R$ 101,2 bilhões –queda de 27,2% em comparação com o mesmo mês de 2019.

Ler 16 vezes