Escolas estaduais vão trabalhar com educação fiscal

Com intuito de incentivar a educação fiscal nas escolas, a Secretaria Estadual da Educação (Seduc) irá iniciar, ainda neste mês, a distribuição de materiais de apoio à aprendizagem nas escolas de rede pública. Em Venâncio Aires, a escola Wolfram Metzler já foi comunicada sobre o recebimento do material que irá ser dar um 'plus' às práticas já desenvolvidas no educandário.

O kit didático irá vir acompanhado por revistas em espanhol, inglês e em português que tratam sobre orçamento, CDs com músicas de educação fiscal e a cartilha 'Aprendendo a Ser Cidadão'. A intenção da Seduc é que o material seja utilizado como recurso didático-pedagógico com alunos dos ensinos médio e fundamental, contribuindo para a formação da cidadania em sala de aula.

De acordo com a supervisora do Wolfram, Deise Gabriela Hickmann, o assunto educação fiscal já está em sala de aula e faz parte do plano de estudos, principalmente, para alunos do 3º ano do ensino médio. Ela explica que são desenvolvidos projetos em parceria com a disciplina de matemática e português.

Mais do que nunca, professores precisam ter o seu reconhecimento como formadores de opinião, visando à formação de cidadãos críticos e participativos
Randal Guimarães - Coordenador do Grupo de Educação Fiscal (Gefe/RS)

Coordenador do Grupo de Educação Fiscal (Gefe/RS), Randal Guimarães destaca a importância de reflexões sobre a cidadania, sobretudo no momento atual, quando, em sua opinião, uma mudança cultural se faz necessária. 'É determinante que nossas crianças cresçam com valores éticos e morais, que compreendam seus direitos, mas também seus deveres, já que nada é de graça, como muitos pensam. Temos que construir uma sociedade onde a solidariedade, a cooperação e principalmente o engajamento na cidadania nos tragam cidadãos conscientes', afirmou.

Fonte: Folha do Mate

Ler 422 vezes