Setor de serviços volta a reclamar da reforma tributária

Entidades preparam manifesto para pedir mais diálogo

SÃO PAULO Depois de se reunir com entidades de comércio, educação e saúde, na semana passada, a Cebrasse (Central Brasileira do Setor de Serviços) prepara um manifesto para pedir maior interlocução com o governo e o Congresso sobre a reforma tributária. São os mesmos personagens que vêm se articulando há meses, porém, segundo participantes, o grupo vai subir o tom.

Para João Diniz, presidente da Cebrasse, os críticos do projeto têm dificuldade de serem ouvidos, e suas considerações não são levadas em conta.

O gabinete do deputado Aguinaldo Ribeiro, relator da comissão especial que trata da reforma, afirma que foram realizadas mais de 400 reuniões sobre o tema, e o parlamentar segue atendendo interessados. O Ministério da Economia diz que todas as entidades que solicitaram audiência foram atendidas.

Fonte: Folha de São Paulo

Ler 12 vezes