Notícias Fenafisco

Presidente ainda declarou que o pagamento de pensões e aposentadorias gera um "déficit extraordinário"

O presidente Michel Temer afirmou, ao defender a reforma da Previdência, que "é muito provável que o ser humano viva até os 140, 150 anos" em algumas décadas. A afirmação foi feito na abertura do Futrecom 2017, em São Paulo, na noite dessa segunda-feira, 2. Ele também declarou que o pagamento de pensões e aposentadorias gera um "déficit extraordinário". As informações são do R7.

Publicado em Na Mídia

A polêmica sobre a medida provisória do novo Refis continua no Congresso. O texto-base foi aprovado na Câmara com diversas benesses a devedores da União.

Publicado em Na Mídia

Um estudo encomendado pelo Fespes (Fórum das Entidades dos Servidores Públicos) constatou que o Espírito Santo apresentou, no segundo quadrimestre de 2017, um superávit de R$ 1,24 bilhão. O montante é quase quatro vezes maior do que o superávit apresentado no primeiro quadrimestre (R$ 323,5 milhões).

De acordo com Recte Consultoria, empresa responsável por desenvolver o estudo para o Fespes, um dos fatores principais para a elevação é o aumento dos royalties de petróleo.

 O presidente Michel Temer criticou na noite desta segunda-feira as "medidas populistas" de governos anteriores, que geraram déficit fiscal e defendeu a necessidade de aprovação da reforma da Previdência. Para uma plateia de empresários, na abertura da Futurecom, feira do setor de tecnologia e telecomunicações, em São Paulo, Temer destacou a implantação do teto de gastos para limitar as despesas do governo.

Publicado em Na Mídia

Os deputados concluíram nesta terça-feira (3), depois de cerca de seis horas de sessão, a votação dos destaques ao texto-base do Refis, cujo relator é o deputado Newton Cardoso Jr. (PMDB-MG). O Refis abre possibilidade de que corruptor parcelem suas dívidas com a União. Uma emenda permitiu que o desconto sobre encargos legais e honorários de 25% para 100% e outra perdoa dívidas de entidades religiosas e instituições de ensino vocacional.

Publicado em Na Mídia