Notícias Fenafisco

Dando continuidade a agenda de trabalho, o presidente da Federação Nacional do Fisco Estadual e Distrital (Fenafisco), Charles Alcantara, participou na sexta-feira (26) da abertura do 9º Congresso do Sindicato do Fisco do Estado de Sergipe (Sindifisco-SE), evento reuniu a classe fiscal em torno do debate sobre a conjuntura política do país e alternativas para contrapor os projetos que ameaçam o futuro dos servidores e trabalhadores brasileiros.

Publicado em Notícias Fenafisco

O Presidente da Fenafisco convoca os membros da Comissão de Reforma Tributária, para atividades no período de 29 a 31 de maio de 2017

Programação:

29 e 30 de maio de 2017 - Seminário Internacional - “Tributo ao Brasil, a Reforma que Queremos”, realização: AFRESP e BID- Banco Interamericano de Desenvolvimento, informações abaixo e programação em anexo- Hotel Renaissance.
30 de maio de 2017, às 19 horas -  Reunião com os integrantes da Comissão da Reforma Tributária, em local a combinar durante o Seminário.

31 de maio de 2017, das 09 às 13 horas- Reunião conjunta com os Membros da Comissão da Reforma Tributária e a ANFIP, no Hotel Mercure SP Alamedas, localizado na Rua Padre João Manuel, 202- Jardins, telefone: 11-30691600.

Integram a comissão representante do: SINDAFEP/PR, SINAFEPPI/PI,  SINDAFTEMA/MA, SINDIFISCO/PB, SINAFITE/DF, SINDIFISCAL/ES, SINDIFISCAL/MS, SINDIFISCO/PE  e  FENAFISCO.

Publicado em Agenda Fenafisco

BRASÍLIA - Diante do receio de que a crise política inviabilize a aprovação da reforma da Previdência, a equipe econômica já pensa em alternativas para conter o crescimento das despesas com benefícios. São medidas que poderão entrar em vigor imediatamente, por meio de medida provisória (MP) ou projeto de lei. Entre elas estão a elevação do tempo mínimo de contribuição na aposentadoria por idade nas áreas urbana e rural, atualmente em 15 anos, e a redução do valor da pensão por morte, que hoje é integral, independentemente do número de dependentes.

Publicado em Na Mídia

Na última segunda-feira, representantes do SINAFFEPI – Sindicato dos Auditores Fiscais da Fazenda Estadual do Piauí - se reuniram com o presidente da APPM – Associação Piauiense de Prefeitos Municipais, Dr. Gil Carlos, para tratar da organização de uma ação conjunta de ambas as entidades, cujo mote é esclarecer aos prefeitos do Piauí sobre as nefastas consequências da Reforma da Previdência para seus municípios, a fim de que eles possam pressionar os deputados para que votem contra a proposta do governo federal.

Após sobreviver aos 12 primeiros dias de crise, o presidente Michel Temer tenta conciliar os calendários do Congresso e da Justiça para demonstrar que é o único capaz de aprovar as reformas. A estratégia traçada pelo Planalto é levar as votações a plenário a partir de 6 de junho, quando o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) começa a julgar o pedido de cassação da chapa Dilma-Temer.

Publicado em Na Mídia

Em um momento histórico pelo que passa o Brasil, os auditores e auditores Fiscais Tributários se destacaram esta semana. Protagonizaram um caloroso debate contra as atuais reformas neoliberais, orquestradas pelo governo de Michel Temer.

A praia de Copacabana mudou de cores neste domingo. Cenário principal dos protestos anti-PT que ajudaram a derrubar a presidenta Dilma Rousseff, o calçadão, um dos mais famosos do mundo, acolheu milhares de pessoas sob a neblina e o lema "Fora Temer" e "Diretas Já". Convocado por sindicatos e partidos de esquerda, o ato, que começou às 11h da manhã, promete se estender até a noite com performances de Caetano Veloso, Criolo, Milton Nascimento, Mano Brown e Maria Gadú, entre outros.

Publicado em Na Mídia

Em meio à crise gerada pelas delações da JBS, o presidente Michel Temer exonerou do cargo o ministro da Justiça, Osmar Serraglio. Em seu lugar, será colocado Torquato Jardim, que ocupava o ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria-Geral da União (CGU). Em princípio, Serraglio, que é deputado federal filiado ao PMDB, voltaria para o Congresso Nacional, reocupando a vaga que estava com Rodrigo Rocha Loures, ex-assessor de Temer, flagrado recebendo propina da gigante frigorífica JBS.

Publicado em Na Mídia

Depois da aprovação de sete MPs no dia da manifestação da Esplanada e do agradecimento de Temer aos parlamentares, governo quer avançar com a reforma trabalhista no Senado

Ainda no meio da turbulência política provocada pelas delações feitas pelo empresário Joesley Batista, do grupo JBS, e sem conseguir vislumbrar quando e se essa crise vai acabar, o governo tenta reconstruir a sua história com o parlamento passo a passo. Depois de o presidente Michel Temer gravar um pronunciamento, divulgado nas redes sociais na última quinta-feira, celebrando a aprovação de sete medidas provisórias na Câmara, o Planalto planeja ter uma semana mais efetiva de votações, sobretudo de matérias consideradas estratégicas, como a reforma trabalhista no Senado. O que não será fácil, diga-se de passagem.

Publicado em Na Mídia

Conforme levantamento do jornal Folha de S. Paulo, foram ouvidos líderes dos dez maiores partidos que representam 72 senadores e 397 deputados. Com exceção da esquerda, todos se declararam contra às Diretas Já

Em meio à maior crise política do governo do presidente Michel Temer, o clamor nas ruas pela destituição do presidente do poder e a escolha de seu sucessor por meio de eleições diretas tem sido cada vez mais constante. Diante desse cenário, para que fosse viabilizado a convocação de eleições diretas, o Congresso teria que mudar a Constituição. No entanto, conforme revelou o jornal Folha de S. Paulo neste domingo (28), “a maioria dos deputados e senadores querem manter a exclusividade de escolher quem comandará o país até dezembro de 2018″.

Publicado em Na Mídia
Página 1 de 2