Notícias Fenafisco

Sindifisco vai ratificar greve nesta quinta-feira (1º), caso o governo parcele salários   

O Sindicato do Fisco de Sergipe (Sindifisco) adiou para quinta-feira (1º), às 15h, a assembleia para ratificar a decisão de greve na Secretaria da Fazenda (Sefaz/SE), caso o governo estadual este mês atrase ou volte a parcelar salários (ativos, aposentados e pensionistas). Se ratificada pela categoria, a greve terminará só após à regularização do pagamento dos salários.

Resultado de pesquisa encomendada pela Presidência da República foi adiantado pelo ministro Moreira Franco

O ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Moreira Franco, usou o Twitter para antecipar o resultado de uma pesquisa Ibope, contratada pela Presidência da República, para avaliar a aceitação da reforma da Previdência pela população.

Publicado em Na Mídia

Em sua estreia no tradicional “State of the Union” (discurso da União) – como é chamado o pronunciamento de prestação de contas feito anualmente pelos presidentes norte-americanos perante o Congresso –, Donald Trump ressaltou como principal conquista a reforma tributária.

Publicado em Na Mídia

Após participar de uma reunião com os líderes da base aliada e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), o ministro-chefe da Secretaria de Governo, Carlos Marun, disse hoje (30) que é “muito possível” que a reforma seja votada e aprovada em fevereiro.

Publicado em Na Mídia

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse hoje (30), no evento Latin America Investiment Conference, na capital paulista, que acredita na aprovação da reforma da Previdência no próximo mês. “Estamos todos trabalhando e vamos, de fato, ter muita confiança de que há uma necessidade [da reforma], o Brasil precisa disso, estamos chamando a atenção de todos para isso, e acreditamos que sim, será aprovada”, disse.

Meirelles justificou a necessidade da reforma dizendo que o atual regime da Previdência é injusto. “Está ficando cada dia mais claro é que o sistema atual de previdência no Brasil é um sistema injusto e que o que está sendo proposto, a nova Previdência, é um sistema que estabelece uma maior justiça, uma maior equidade entre todos”.

De acordo com o ministro, as pessoas que ganham menos – os 20% de menor renda da população – tendem a não conseguir ter carteira assinada durante os 35 anos exigidos pela Constituição e acabam se aposentando por idade. “Pode se aposentar antes para quem faz os 35 anos de contribuição, que tendem a ser pessoas de renda maior. Portanto, existe já uma questão de não equidade e o novo sistema é mais justo”, defendeu Meirelles.

Outra questão apresentada por ele é o problema fiscal. “Hoje, se nós olharmos os dados que foram divulgados há uma semana, 57% do total do Orçamento foi despesa da Previdência. É insustentável isso. O déficit da Previdência é maior do que o total de déficit público do governo. Portanto, é mandatório [aprovar a reforma] por quê? Porque isso está crescendo, quer dizer, de 57% vai para 80% em alguns anos e não vai haver dinheiro para educação, para saúde, para segurança, então isso é insustentável”, disse.

Fonte:  Agência Brasil

Publicado em Na Mídia

Depois da “ofensiva de mídia” no fim de semana com entrevistas em rádio, emissoras de TV e jornal, o presidente Michel Temer concentrará as energias no “corpo a corpo” com parlamentares para tentar convencer os indecisos a aprovarem a reforma da Previdência em fevereiro.

Publicado em Na Mídia

A nova tabela prevê que renda de até 3.300 reais seja isenta do imposto, e que quem ganha a partir de 49.500 reais pague 40% de IR

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado vai analisar uma nova tabela para cobrança do Imposto de Renda, proposta pelo ex-senador Donizeti Nogueira, após a volta do recesso parlamentar, nesta sexta-feira (2).

O PLS 517/2015 prevê que rendimentos de até 3.300 reais sejam isentos, e cria uma progressão que deve chegar a 40% da renda para quem ganha mais de 49.500 reais por mês.

Publicado em Na Mídia

O presidente da Fenafisco prestigiou a solenidade de posse da nova Diretoria Executiva do Sindifisco-AM, na manhã desta terça-feira (30), realizada no auditório da Secretaria de Estado da Fazenda do Amazonas (Sefaz-AM).

Publicado em Notícias Fenafisco

O Sindicato do Fisco de Sergipe (Sindifisco) fará nesta quarta-feira (1º), às 15h, nova assembleia para ratificar a decisão de greve na Secretaria da Fazenda (Sefaz/SE), caso o governo estadual este mês atrase ou volte a parcelar salários (ativos, aposentados e pensionistas). Se ratificada pela categoria, a greve começará no dia primeiro de fevereiro, até a regularização do pagamento dos salários. A possibilidade de greve na Sefaz foi deliberada na assembleia do Fisco, realizada no último dia 9. Na semana seguinte (dia 19), a categoria fez uma manifestação na sede da Sefaz.

No Programa do Ratinho, presidente citou pela primeira vez que pode adiar a votação na Câmara

O presidente Michel Temer (MDB) disse, em entrevista ao apresentador Ratinho, no SBT, que espera aprovar a reforma da Previdência “em fevereiro, março”

Na sequência das participações em programas populares para angariar apoio às mudanças no sistema de aposentadorias do País, foi a primeira vez que o presidente citou o mês de março dentro do prazo para votar a emenda da Previdência na Câmara.

Publicado em Na Mídia
Página 1 de 19