Notícias Fenafisco

SINDSEFAZ/BA
25/05/2018
Salvador/BA

Palestrante: Charles Alcantara

SINTAF/MA, SINDAFTEMA/MA
25/05/2018
São Luís /MA

Palestrante: Pedro Lopes

Publicado em Agenda Fenafisco

Aos poucos, o Ministério do Trabalho vai regulamentado pontos da Reforma Trabalhista. Incialmente, o fez por meio de despacho que tratou do alcance da Lei 13.467/17. Isto é, a norma passa a abarcar todos os contratos de trabalho e não apenas os que foram assinados depois da vigência do novo marco legal.

Publicado em Na Mídia

Para diretor do Centro de Cidadania Fiscal, reforma tributária só sai se o governo estiver disposto a alocar capital político.

O economista Bernard Appy se tornou uma das principais referências no Brasil sobre os entraves burocráticos provocados pelo caótico sistema tributário brasileiro. Acompanha o tema desde a promulgação da Constituição e já fez parte do governo para tentar levar adiante uma reforma.

Diretor do Centro de Cidadania Fiscal, ele acredita que uma reforma tributária tem potencial para elevar o PIB potencial do Brasil em no mínimo 10% nas próximas décadas, mas ela só vai se tornar viável se o governo se empenhar na aprovação.

Publicado em Na Mídia

O Sinait (Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais do Trabalho), entidade filiada ao DIAP, divulga e disponibiliza série de 4 novos vídeos sobre o combate ao trabalho escravo contemporâneo no Brasil, realizado pelos auditores-fiscais do Trabalho.

Publicado em Na Mídia

Professor de economia da Unibave analisa resultados de uma possível redução de impostos

O Governo Federal convive neste momento com o famoso "cobertor curto". Enquanto tenta conciliar estratégias para reduzir impostos e baixar o valor dos combustíveis, também estuda métodos para, se isto acontecer, cobrir o rombo gerado pela medida.

Publicado em Na Mídia

Ministro assegurou que não vai mexer na redução do tributo, mas deve mudar a forma de cobrança com base fixa

O Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) vai se reunir nesta sexta-feira, 25, com o presidente Michel Temer e o ministro da Fazenda, Eduardo Guardia. Segundo apurou o Estadão/Broadcast, o governo deve discutir questões relativas à metodologia de cálculo do ICMS. 

Publicado em Na Mídia