Notícias Fenafisco

Orientação do Sindifisco-MG é para que auditores fiscais paralisem atividades até que depósito seja realizado

A terceira parcela de junho dos salários do funcionalismo estadual, prevista para esta sexta-feira, 29, ainda não foi paga pelo governo.

A diretoria do Sindifisco-MG está tentando contato com a SEF/MG para verificar a situação e cobrar a realização do pagamento.

Diretores do Sindifisco-PB visitaram o hospital Padre Zé, a Vila Vicentina, o Centro Espírita Humberto de Campos (os três em João Pessoa) e o Abrigo da Amém (Cabedelo), onde  doaram cestas-básicas, contendo arroz, feijão, macarrão e açúcar, totalizando 544 quilos de alimentos.

As visitas ocorreram nos dias 25 e 26, oportunidade em que o presidente do sindicato, Manoel Isidro, e o diretor financeiro, Jaimar Medeiros, foram recebidos por representantes das entidades, que detalharam o trabalho assistencial desenvolvido pelas instituições.

O Arcebispo Metropolitano de Natal, Dom Jaime Vieira Rocha, recebeu nesta segunda-feira (25) uma comissão de auditores fiscais do Rio Grande do Norte e da Fenafisco para conhecer a proposta de Reforma Tributária Solidária que a categoria pretende ver aprovada no Congresso Nacional. O texto prevê repactuação do bolo tributário, fortalecimento dos estados e municípios, tributação maior sobre as altas rendas e mais justiça social.

Na última terça-feira, 26, os deputados estaduais aprovaram o projeto de lei complementar que retira da margem de 30% os descontos consignados de alguns itens. O limite de 30% da folha para desconto de consignados vinha prejudicando os servidores públicos estaduais, pois, para quem já possuía outros compromissos financeiros, impedia a contratação de seguro de vida, o pagamento de honorários advocatícios e até a mensalidade do sindicato, o que também desencadeava uma série de outros prejuízos aos trabalhadores.

Foi aprovado na tarde de hoje, 26, por unanimidade, o Projeto de Lei (PL) 92/2018, de procedência do Poder Executivo, que autoriza o governo a contratar a operação de crédito externo com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), até o montante de 50 milhões de dólares. Os recursos servirão para o financiamento parcial do Projeto de Modernização da Gestão Fiscal do Estado de Santa Catarina (Profisco II SC).]

Como ação da campanha nacional por concurso público para Auditor-Fiscal da Receita Estadual do Ceará (AFRE-CE), A AUDITECE disponibiliza a petição pública online em apoio à realização do certame, que será entregue ao Governador Camilo Santana.

O rico paga menos imposto do que pobre no Brasil e essa questão precisa ser observada numa reforma tributária, disse nesta quinta-feira (28) Bernard Appy, diretor do CCIF (Centro de Cidadania Fiscal), em evento do escritório de advocacia FCR Law, em São Paulo.

Para tanto, Appy, que tem sido ouvido com atenção por todas as pré-candidaturas à presidência, propõe, dentre outros pontos, um benefício de aposentadoria universal às pessoas acima de 65 anos, equivalente ao salário mínimo e financiado por outros tributos, em especial aqueles que incidem sobre a renda.

Publicado em Na Mídia

"Para a massa da população brasileira, a tributação, tal como está, é um desastre"

O fato de estarmos em uma crise longa, que atinge nossa nação de muitas maneiras diferentes (política, sociedade, economia, meio ambiente), da qual não temos clareza sobre a rota de saída, tem feito muita gente pensar de maneira mais profunda. Li a entrevista da economista Laura Carvalho ao El País, e fiquei feliz com seu diagnóstico sobre as causas do curto período de crescimento que tivemos e sobre a necessidade de uma reforma tributária se quisermos ter alguma chance de voltar a caminhar.

Publicado em Na Mídia

Foi publicado no Diário Oficial do Estado na edição desta quinta-feira (28), concurso para carreira do Fisco da Secretaria de Estado da Fazenda do Estado de Goiás (Sefaz). Estão sendo oferecidas 28 (vinte e oito) vagas e formação de Cadastro de Reserva para o cargo de Auditor-Fiscal da Receita Estadual, Classe A, Padrão 1. O salário inicial é de R$ 20,9 mil.

Publicado em Na Mídia

Segundo o sindicato da categoria, situação compromete várias áreas de atuação, como combate ao trabalho escravo e ao trabalho infantil

São Paulo – Responsável por combater a prática de trabalho escravo e infantil, por atuar para a prevenção de acidentes e doenças do trabalho, fiscalizar a arrecadação do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), entre outras atribuições, a auditoria-fiscal do trabalho passa por uma situação difícil no país. De 3.644 cargos existentes, 1.317 estão vagos. O número atual de 2.327 profissionais é o menor em 20 anos.

Publicado em Na Mídia
Página 1 de 21