Notícias Fenafisco

Na tarde desta quinta-feira (6), o presidente da Fenafisco, Charles Alcantara, acompanhado do diretor de Aposentados e Pensionistas, Celso Malhani, e da assessora jurídica, Caroline de Sena, visitou o Supremo Tribunal Federal (STF), após conseguir audiência com o Ministro Ricardo Lewandowski, por intermédio do Deputado Federal Paulo Pimenta (RS), líder do Partido dos Trabalhadores (PT) na Câmara Federal.

Publicado em Notícias Fenafisco

Nesta quinta-feira (6), o presidente da Fenafisco, Charles Alcantara, acompanhado dos diretores Celso Malhani (Aposentados e Pensionistas), Rogério Macanhão (Assuntos Parlamentares), do dirigente do Sinafite-DF, Adalberto Imbrósio e do presidente da Anfip, Floriano Sá Neto, foi recebido pelo deputado Major Vitor Hugo (PSL-GO), na liderança do governo na Câmara Federal.

Na oportunidade, os dirigentes entregaram material produzido pela Federação, que aponta os pontos mais graves da proposta do governo. A ênfase da audiência deu-se em torno de dois aspectos da PEC: capitalização e regras de transição.

Veja álbum de fotos: http://bit.ly/2HZ58Sr

Publicado em Notícias Fenafisco
Quinta, 06 Junho 2019 11:40

Audiência com Dep. MAJOR VITOR HUGO

Audiência com Dep. MAJOR VITOR HUGO
Data: 06/06 hora: 11:30
Local: Liderança do Governo, Anexo II, Bl. Lideranças, Sl. 107
Contato: 3215-9018 - Natália

Publicado em Agenda Fenafisco

A FENAFISCO será recebida em audiência pelo Ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandovsky, atendendo a pedido do deputado Paulo Pimenta, líder do PT, partido autor da ADI 2238. Participarão da audiência, além do solicitante, presidente Charles Alcantara, o diretor Celso Malhani, Dra. Caroline Sena e Dr. Paulo Machado Guimarães advogado do PCdoB.

Informamos que a audiência solicitada foi marcada para o dia 6 de junho, às 16 horas, no Salão Branco, localizado no térreo do Ed. Sede do STF.

Publicado em Agenda Fenafisco

Irregularidades são referentes a 2015. Dado foi divulgado pela Receita Federal. Empresas podem se regularizar.

No Amapá, um total de 34 empresas que caíram na malha fina em 2015 serão notificadas pela Receita Federal a partir deste mês. Juntas, elas somam mais de R$ 8 milhões em irregularidades fiscais. As divergências nas declarações foram apuradas pela Malha Fiscal Pessoa Jurídica. De acordo com a Receita Federal no estado, as empresas ainda têm tempo para corrigir as irregularidades.

Publicado em Na Mídia

Em pronunciamento no Plenário na manhã desta quinta-feira (6), o senador Paulo Paim (PT-RS) destacou a importância do debate sobre a reforma tributária para que haja maior equilíbrio na distribuição de renda e maior retorno social.

Publicado em Na Mídia

Para o deputado, a proposta é positiva no sentido de simplificação tributária para acabar com distorções, encerrar a guerra fiscal entre os Estados e auxiliar no reaquecimento da economia

BRASÍLIA - O líder do MDB na Câmara, Baleia Rossi (MDB-SP), afirmou nesta quarta-feira, 5, que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), indicou que instalará a comissão especial para analisar a reforma tributária em duas semanas. A proposta já foi aprovada da Comissão de Constituição e Justiça.

Publicado em Na Mídia

Pasta negou que encaminhará proposta nesse sentido

A exclusão dos investimentos (obras públicas e compra de equipamentos) do teto federal de gastos não está sendo cogitada, informou há pouco o Ministério da Economia. Em nota, a pasta disse que os investimentos público e privado só serão retomados por meio de reformas que reequilibrem as contas públicas e melhorem a saúde financeira do governo.

Publicado em Na Mídia

Ganha força no Congresso Nacional a ideia de tirar os professores da reforma da Previdência, proposta pelo governo de Jair Bolsonaro. Nesta quarta-feira, uma moção de apoio à proposta foi aprovada por unanimidade na Comissão de Educação da Câmara, com votos a favor tanto de deputados como Zeca Dirceu (PT-PR) como Professora Dayane Pimentel (PSL-BA).

Publicado em Na Mídia

Sempre houve resistência na Câmara a pontos considerados mais polêmicos na reforma da Previdência, como as alterações nas regras da aposentadoria rural e do Benefício de Prestação Continuada (BPC). Mas o principal alvo dos deputados que participam da comissão especial foi outro.

Publicado em Na Mídia
Página 1 de 2