Quarta, 18 Março 2020
Quinta, 19 Março 2020 17:25

COMUNICADO URGENTE❗

COMUNICADO URGENTE❗

Aos sindicatos filiados à Fenafisco

A Diretoria Executiva da Fenafisco cumpre o dever de dar ciência a todos os sindicatos filiados sobre as medidas adotadas em face da pandemia do coronavírus:
1ª) Suspensão por tempo indeterminado das viagens dos diretores para Brasília ou para quaisquer outros lugares fora do seu domicílio;

2ª) Implementação, a partir de 20 de março, de home office para todos os funcionários;

3ª) Em decorrência das medidas anteriores, fechamento da sede da Fenafisco em Brasília, por tempo indeterminado.

As medidas ora comunicadas serão permanentemente avaliadas pela diretoria da Fenafisco.

Sejamos fortes e disciplinados neste momento difícil, mas que haverá de passar em breve.

Continuamos, mesmo à distância, juntos e à disposição da luta!

Brasília, 19 de março de 2020
Diretoria Executiva da Fenafisco (DirEx)

Publicado em Notícias Fenafisco

O presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Renúncia e Sonegação Fiscal da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), deputado Wilson Santos (PSDB), afirmou, durante reunião ordinária da CPI, que o setor mineral faturou, em 2016, cerca de R$ 1,4 bilhão, mas pagou apenas R$ 22 milhões de impostos à Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz).

Publicado em Na Mídia

O secretário do Tesouro, Mansueto Almeida, projeta deficit primário (receitas menores que despesas, sem contar juros) de R$ 200 bilhões para 2020. O rombo é maior do que o deficit de R$ 124 bilhões fixados incialmente no Orçamento de 2020.

Publicado em Na Mídia

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira (18), a Medida Provisória 899/19, que regulamenta a negociação de dívidas com a União em um procedimento conhecido como transação, com descontos de até 50% e parcelamento em 84 meses. Aprovada em votação simbólica e por acordo, a MP será enviada ao Senado.

Publicado em Na Mídia

Parlamentares acreditam que medidas devem ser implementadas por medida provisória

Os deputados Tabata Amaral (PDT-SP) e Felipe Rigoni (PSB-ES) e o senador Alessandro Vieira (Cidadania-ES) enviaram carta ao presidente da República, Jair Bolsonaro, sugerindo uma série de medidas anticíclicas de transferência direta de renda como forma de combater a crise decorrente da pandemia do coronavírus (Covid-19). Os parlamentares integram grupo que propôs a Agenda para o Desenvolvimento Social da Câmara dos Deputados.

Publicado em Na Mídia

Senadores defenderam nesta semana a suspensão ou até a revogação do teto de gastos públicos do governo federal para que o Brasil consiga enfrentar a pandemia causada pelo coronavírus sem restrições orçamentárias.

Publicado em Na Mídia

Cortes nos EUA abriram espaço para redução maior que a esperada

Em meio à crise econômica decorrente da pandemia do novo coronavírus, o Banco Central (BC) diminuiu os juros básicos da economia pela sexta vez seguida. Por unanimidade, o Comitê de Política Monetária (Copom) reduziu a taxa Selic para 3,75% ao ano, com corte de 0,5 ponto percentual.

Publicado em Na Mídia

CNI defende cortes adicionais na taxa Selic

O corte de 0,5 ponto percentual da taxa Selic  – juros básicos da economia – foi correto e necessário, avaliam entidades do setor produtivo. Parte das entidades, no entanto, pede cortes mais agressivos para conter os efeitos da pandemia do coronavírus sobre a economia.

Publicado em Na Mídia

Segundo equipe econômica, não é possível definir nova meta

As incertezas com a economia internacional justificam a suspensão da meta fiscal para este ano, disse hoje (18) o secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues. Ele e outros membros da equipe econômica disseram que a decretação de estado de calamidade pública, aprovada pela Câmara dos Deputados, representa o instrumento mais adequado para lidar com o momento.

Publicado em Na Mídia

Prazo máximo para sacar recursos é 30 de junho de 2020

Os últimos beneficiários do calendário 2019/2020 dos programas de Integração Social (PIS) e de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) recebem o abono salarial a partir de hoje (19). O prazo máximo para sacar os recursos é 30 de junho de 2020.

Publicado em Na Mídia
Página 1 de 2