Terça, 07 Julho 2020

Medidas visam a diminuir impacto da covid-19 sobre economia

Terminar o mês escolhendo quais boletos pagar. Essa virou a rotina de milhões de brasileiros que passaram a ganhar menos ou perderam a fonte de renda por causa da pandemia do novo coronavírus. Para reduzir o prejuízo, o governo adiou e até suspendeu diversos pagamentos esse período. Tributos e obrigações, como o recolhimento das contribuições para o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), ficarão para depois.

Publicado em Na Mídia

Índice acumula inflação de 4,54% no ano, segundo a FGV

O Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) registrou em todo o país inflação de 1,60% em junho deste ano, taxa superior à de maio (1,07%). Com isso, segundo a Fundação Getulio Vargas (FGV), o IGP-DI acumula  inflação de 4,54% no ano e de 7,84% em 12 meses.

Publicado em Na Mídia

Alta veio depois de dois meses de queda devido à pandemia

O volume de vendas no comércio varejista nacional teve crescimento de 13,9% em maio deste ano, na comparação com abril. A alta veio depois de dois meses de queda devido à pandemia do novo coronavírus (covid-19). Em abril deste ano, por exemplo, a queda havia sido de 16,3%. Os dados são da Pesquisa Mensal do Comércio (PMC), divulgada hoje (8) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Publicado em Na Mídia

Taxas positivas refletem retorno à produção, diz IBGE

Em maio, a indústria cresceu em 12 dos 15 locais pesquisados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De acordo com a Pesquisa Industrial Mensal (PIM) Regional, as taxas foram positivas na comparação com abril, na série com ajuste sazonal.

Publicado em Na Mídia

Objetivo agora é debater efeitos da pandemia no mercado de trabalho, com atenção à liberdade sindical e aos informais

O governo Jair Bolsonaro retomou as discussões de uma nova reforma trabalhista e sindical. As propostas serão feitas na perspectiva póspandemia do novo coronavírus e com medidas para os informais.

Publicado em Na Mídia

A taxa média sobre a renda das companhias, segundo a entidade, fica em 20%, ou 14 pontos percentuais a menos que no Brasil

O Brasil tem em 2020 a quarta maior cobrança de imposto sobre as empresas entre 109 países, com taxação de 34%, segundo a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Publicado em Na Mídia

A preocupação é de que o sistema deve ser baseado na simplicidade e certeza do tributo a pagar

A reforma tributária em curso no Congresso Nacional, fundamentada nas PEC’s 110/2019 e 45/2019, ora suspensa em meio à pandemia de Covid-19, entre seus objetivos, visa à unificação da tributação sobre o consumo em um único tributo sobre o valor agregado, atualmente sujeito a distintas competências federativas (PIS/Cofins, IPI, ICMS e ISSQN), cujas diretrizes apontam para uma alíquota majorada e um longo período de transição de coexistência de regimes.

Publicado em Na Mídia

A primeira indireta a Guedes também venho logo no começo da conversa, ainda enquanto comentava sobre os impactos da crise no país

As reformas administrativa e tributária foram tema de uma live do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), no fim da manhã desta terça-feira. Maia respondeu a perguntas, fez críticas ao Ministério da Economia, voltou a avisar Paulo Guedes que a CPMF não passará no Congresso, e também comentou a importância de outras pautas. Dentre elas, disse defendeu o fim das taxas de juros de cartão de crédito e cheque especial, ao argumentar as desvantagens de um aumento de impostos para o setor bancário. “Quem paga, no fim, é o cidadão”, alertou.

Publicado em Na Mídia