Quarta, 16 Setembro 2020

Nesta quarta (16) o diretor da Fenafisco, Celso Malhani, participou como debatedor de videoconferência realizada pelo Sindsefaz-BA, para discutir os impactos que a proposta de Reforma Administrativa (PEC 32/2020), apresentada pelo governo Bolsonaro trará para o serviço público, caso seja aprovada pelo Congresso Nacional.

Publicado em Notícias Fenafisco

Nesta terça-feira (15), o diretor de Formação Sindical da Fenafisco, Francelino Valença, dirigiu reunião com representantes de entidades do Fisco, signatárias do pacto de Brasília, ao lado dos diretores Celso Malhani (Financeiro) e Glauco Honório (Projetos Especiais), para tratar das reformas administrativa e tributária, em discussão no Congresso Nacional.

Publicado em Notícias Fenafisco

“Temos que ter um Estado forte para termos um mercado forte”, diz João Sicsú. Para Maria Lúcia Fattorelli, “problema do gasto público não está no servidor, mas nos mecanismos que geram dívida pública

São Paulo – “O que todas as experiências têm mostrado é que onde os Estados são fracos, os mercados também são fracos. O que a gente tem que ter é um Estado forte, atuante, para termos um mercado forte.” A avaliação é o do economista e professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) João Sicsú, sobre a proposta de reforma administrativa do governo, a PEC 32/2020.

Publicado em Na Mídia
Quinta, 17 Setembro 2020 10:56

Dólar fecha em alta, cotado a R$ 5,28

Bolsa de valores encerrou a terça-feira em leve queda

O dólar fechou em leve alta ante o real nesta terça-feira (15), abandonando queda de mais de 1% registrada mais cedo, com operadores adotando postura mais conservadora diante de novo ruído envolvendo a equipe econômica e o presidente Jair Bolsonaro, tendo como pano de fundo constantes receios sobre a trajetória das contas públicas.

Publicado em Na Mídia

Na comparação com junho, PIB cresceu 2,4% no mês

O Produto Interno Bruto (PIB, a soma de todos os bens e serviços produzidos no país) recuou no trimestre encerrado em julho, segundo dados do Monitor do PIB divulgados hoje (16) pela Fundação Getulio Vargas (FGV). De acordo com estudo, a economia brasileira recuou 4% na comparação com o trimestre findo em abril e de 8,9% na comparação com o trimestre encerrado em julho de 2019.

Publicado em Na Mídia

SÃO PAULO - Integrante da Frente Parlamentar Mista da Reforma Administrativa, a senadora Kátia Abreu (PP-TO) afirmou nesta quarta-feira que as mudanças nas regras de progressão e promoção automática poderão valer para os atuais servidores públicos. Ao participar de “live” promovida pelo Valor, Kátia disse que é preciso ter critérios claros para analisar o desempenho e determinar as promoções e o aumento salarial do funcionalismo.

Publicado em Na Mídia
Quinta, 17 Setembro 2020 10:45

Reforma administrativa, realismo fantástico

Procura-se reduzir a despesa com a folha do funcionalismo. Mas só daqui a uns 50 anos!

A reforma administrativa enviada ao Congresso Nacional em 4 de setembro nos remete imediatamente ao realismo fantástico em que secularmente vive a América Latina. Em nossa região há sempre uma distorção do tempo, que é dissociado da racionalidade e da realidade presente. Vivemos o tempo cíclico, em vez do tempo linear e sequencial. O presente se repete infinitamente ou se parece com o passado, sempre na busca de um futuro imaginário.

Publicado em Na Mídia

Bolsonaro deu sinal verde para que se trate do tema, diz relator do Orçaento

Um dia depois de o presidente Jair Bolsonaro barrar as discussões sobre o Renda Brasil, a criação de um novo programa social voltou à pauta. Ontem, o senador Marcio Bittar (MDB-AC) disse que recebeu sinal verde do presidente para criação de um programa social que atenda à população após o fim do auxílio emergencial.

Publicado em Na Mídia

Para turbinar o Plano Pró-Brasil de investimentos públicos e outras ações apadrinhadas por parlamentares, a JEO já avisou os ministérios do corte bilionário de despesas; ministros tentam reverter a determinação

BRASÍLIA - O governo do presidente Jair Bolsonaro pretende fazer um corte bilionário em despesas da Educação, de programas sociais, que incluem atendimento a crianças de até 3 anos, e de ministérios como a Agricultura para turbinar o Plano Pró-Brasil de investimentos públicos e outras ações apadrinhadas pelo Congresso Nacional. A tesourada chega no momento em que o presidente percorre o País para inaugurar obras e tentar impulsionar ainda mais sua popularidade.

Publicado em Na Mídia

Trabalho destaca ainda queda na receita dos principais tributos nessas esferas de governo

O programa de socorro a estados e municípios para enfrentamento da pandemia apresentou resultados desiguais entre esses entes da Federação. Enquanto algumas administrações receberam recursos mesmo sem ter tido perda de arrecadação, outras não receberam dinheiro suficiente para compensar a queda nas receitas.

Publicado em Na Mídia
Página 1 de 2