Notícias Fenafisco

IVA, o imposto que une presidenciáveis

05 Setembro 2018

Imposto sobre Valor Agregado unifica diversos tributos e favorece tanto produtores como consumidores. Mas há resistência de estados e municípios, que temem perder arrecadação e poder de atrair investimentos.Pelo menos sete candidatos à presidência - Álvaro Dias, Ciro Gomes, Geraldo Alckmin, Henrique Meirelles, João Amoêdo, Luiz Inácio Lula da Silva e Marina Silva - defendem a implementação do Imposto sobre Valor Agregado (IVA) ou de similar, unificando diversos tributos federais, estaduais e municipais para evitar a tributação em cascata. O IVA já é adotado em vários países do mundo, como os da União Europeia e parceiros do Brasil no Mercosul.

Marina defende Previdência com sistema misto de contribuição e capitalização

05 Setembro 2018

Candidata da Rede é a favor da idade mínima, com mulheres se aposentando mais cedo que homens.

Candidata da Rede à Presidência da República, Marina Silva defende uma reforma da Previdência com idade mínima para aposentadoria. O plano de governo da presidenciável também inclui a adoção de um sistema misto de contribuição e capitalização.

Artigo | Sem tributos não há direitos sociais

05 Setembro 2018

"Comparada com a de outros países, nossa carga tributária (32,6% do PIB) não é das maiores"

Quando se discute gastos sociais, políticas públicas, investimentos e sistema tributário surge uma clara contradição no discurso usual. A demanda por mais segurança, saúde, educação, etc. é  acompanhada por uma narrativa pela redução da carga tributária, como se impostos elevados fossem a causa da baixa qualidade dos serviços públicos. Ora, se os direitos são garantidos por políticas públicas e estas são financiadas por tributos, mais direitos implicariam em mais tributos e não o contrário.

Nos últimos três anos, mais seis milhões na extrema pobreza e mais desigualdade

04 Setembro 2018

Em estudo feito por Marcelo Neri, ex-presidente do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) e atual pesquisador da FGV, divulgado na sexta-feira (31), ilustra com dados as cenas que os cidadãos brasileiros, principalmente aqueles que moram em grandes centros, já estão percebendo há muito tempo: seis milhões de pessoas passaram a viver abaixo da linha da pobreza nos últimos três anos no país. Não se via um aumento desses há quase trinta anos. Aqui no Rio de Janeiro, basta uma caminhada rápida pelas ruas do segundo Centro financeiro do país para sentir de perto, bem pertinho, o que, para Neri, é ainda mais preocupante do que a pobreza em si: a desigualdade social.

Reforma trabalhista tem erros que precisam ser corrigidos, diz Marina

04 Setembro 2018

A reforma trabalhista aprovada no governo de Michel Temer (MDB) não precisa ser revogada, mas é necessário corrigir erros que ela permitiu, opinou hoje Marina Silva (Rede), candidata à Presidência. Para ela, um dos maiores problemas da nova legislação é o aumento da informalidade.

Paulo Paim afirma que Reforma Trabalhista reduziu salários

04 Setembro 2018

O senador Paulo Paim (PT-RS) afirmou nesta segunda-feira (3) ser favorável à derrubada do veto presidencial à criação do piso salarial dos agentes comunitários de saúde.

Ele também defendeu a aprovação de projeto que prevê a impressão do voto de algumas urnas eletrônicas, com o objetivo de verificar a confiabilidade do sistema adotado pelo país.

Reforma da Previdência é ponto central do programa do MDB, diz economista

04 Setembro 2018

A reforma da Previdência é o ponto central e também o de partida no programa econômico do MDB, explicou o economista José Márcio Camargo, assessor econômico da campanha de Henrique Meirelles ao Planalto. “As pessoas precisam saber que acabou o dinheiro. Precisamos disponibilizar recursos em áreas em que os gastos são excessivos”, comentou, durante debate realizado pela plataforma “Por Quê? – Economês em bom português” com economistas envolvidos nas campanhas presidenciais e estudantes do Ensino Médio.

Ministro da Fazenda defende manutenção do teto dos gastos públicos

04 Setembro 2018

O ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, saiu em defesa hoje (3) das políticas de austeridade do governo federal, especialmente no que se refere ao teto de gastos, definido pela Emenda Constitucional nº 95. “Uma alternativa seria aumento dos impostos, que me parece uma solução inadequada para a realidade brasileira”, disse.

Guardia: reforma Tributária só depois de concluir a da Previdência

04 Setembro 2018

Ministro diz que manter o teto de gastos é importante para evitar choque tributário

O ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, vê a reforma tributária como essencial para o país, mas admitiu que só será possível realizá-la após a conclusão da reforma da Previdência.

Sintaf-CE: Diretoria convoca Conselho Sindical para a próxima quinta-feira (6/8)

03 Setembro 2018

Em cumprimento às deliberações da última Assembleia Geral da categoria, a Diretoria Colegiada do Sintaf convocou para a próxima quinta-feira, dia 6 de agosto, reunião extraordinária do Conselho Sindical, a partir das 8h30, na sede da Fundação Sintaf. O objetivo é preparar a greve dos dias 12, 13 e 14 de setembro, motivada pelo silêncio do governador Camilo Santana frente às várias tentativas do Sintaf em marcar uma audiência para negociar a incorporação do piso do PDF aos vencimentos e proventos de aposentadoria dos fazendários.