Fonacate lança Cadernos da Reforma Administrativa

14 Outubro 2020

Os Cadernos da Reforma Administrativa irão percorrer alguns dos principais aspectos que deveriam compor o centro de qualquer reforma, voltada à racionalização da estrutura estatal e à melhoria do desempenho institucional agregado do setor público brasileiro, medido este não apenas pelo critério rápido e fácil da eficiência do gasto público, mas principalmente pelos critérios da eficácia e efetividade da ação pública.

Fenafisco e Fonacate constroem emendas à Reforma Administrativa

07 Outubro 2020

O diretor Financeiro da Fenafisco e coordenador da Comissão Parlamentar do Fonacate, Celso Malhani, dirigiu mais uma reunião do grupo em torno da reforma administrativa na sexta-feira (2), para aprimorar e finalizar as propostas de emenda à PEC 32/2020, que serão submetidas ao Conselho do Fórum.

ARTIGO | A desigualdade no Brasil é um projeto

06 Outubro 2020

O eterno Darcy Ribeiro nos ensinou: “A crise da educação no Brasil não é uma crise, é um projeto”.

Fenafisco participa de live sobre a reforma administrativa com a senadora Kátia Abreu

01 Outubro 2020

O diretor Financeiro da Fenafisco e coordenador da Comissão Parlamentar do Fonacate, Celso Malhani, participou do ciclo de debates sobre a reforma administrativa e pautas de interesse do funcionalismo, organizado pela assessoria parlamentar Metapolítica, na sexta-feira (23), que contou com a presença da senadora Kátia Abreu (PP/TO).

Fenafisco defende progressividade tributária para o fortalecimento do Estado Social

25 Setembro 2020

A convite da Comissão Mista Temporária da Reforma Tributária, o presidente da Fenafisco, Charles Alcantara, participou nesta quinta-feira (24), de audiência pública remota, para discutir junto aos parlamentares e representantes de outras entidades do Fisco e de preservação do meio ambiente, alternativas para aprimorar o Sistema Tributário Nacional.

A importância e o trabalho dos Auditores Fiscais foram destaques na primeira Webinar do Sindifisco-PE

22 Setembro 2020

Nesta segunda-feira (21), Dia do Auditor Fiscal, o presidente da Fenafisco, Charles Alcantara, participou de videoconferência promovida pelo Sindifisco-PE, para contribuir no debate sobre economia, Administração Tributária e o papel do Fisco no contexto da pandemia de Covid-19. Também participou da live o presidente do sindicato, Alexandre Moraes, ao lado do secretário da Fazenda de Pernambuco, Décio Padilha, do diretor-Presidente da Agência de Empreendedorismo de Pernambuco (AGE), Marcelo Barros, e do deputado estadual Antônio Moraes (PP).

Fenafisco debate a reforma administrativa em videoconferência do SINDIFERN

22 Setembro 2020

O Sindicato dos Auditores Fiscais do RN-SINDIFERN realizou o debate virtual com o tema "Reforma Administrativa e a Implosão do Serviço Público", que contou com a presença do presidente da Fenafisco, Charles Alcantara e os diretores Celso Malhani, Ricardo Bertolini e Francelino Chagas. 

Fenafisco fortalece debate sobre a reforma administrativa e a defesa do Serviço Público

22 Setembro 2020

Nesta segunda-feira, (21), o Sindicato dos Funcionários do Fisco do Estado de Goiás – Sindifisco-GO promoveu a webinar “Reforma Administrativa e a Defesa do Serviço Público”.

ARTIGO | Fim da estabilidade  abre espaço a Guardiões do Crivella

18 Setembro 2020

Reforma administrativa facilita  aparelhamento do serviço público

Por Charles Alcantara

O Brasil conheceu nos últimos dias mais uma leva de personagens caricatos que promovem ofensas a jornalistas e veículos de imprensa. A denúncia relativa aos Guardiões do Crivella mostra uma face nefasta de governantes que querem esconder dos cidadãos as mazelas resultantes da incompetência em sanar problemas recorrentes.

Videoconferência esclarece riscos da Reforma Administrativa proposta pelo governo federal

17 Setembro 2020

Nesta quarta (16) o diretor da Fenafisco, Celso Malhani, participou como debatedor de videoconferência realizada pelo Sindsefaz-BA, para discutir os impactos que a proposta de Reforma Administrativa (PEC 32/2020), apresentada pelo governo Bolsonaro trará para o serviço público, caso seja aprovada pelo Congresso Nacional.