Notícias Fenafisco

Ao defender reforma da Previdência, Temer diz que brasileiros viverão até 140 anos

04 Outubro 2017
Publicado em Na Mídia

Presidente ainda declarou que o pagamento de pensões e aposentadorias gera um "déficit extraordinário"

O presidente Michel Temer afirmou, ao defender a reforma da Previdência, que "é muito provável que o ser humano viva até os 140, 150 anos" em algumas décadas. A afirmação foi feito na abertura do Futrecom 2017, em São Paulo, na noite dessa segunda-feira, 2. Ele também declarou que o pagamento de pensões e aposentadorias gera um "déficit extraordinário". As informações são do R7.

Relator da renegociação das dívidas no Senado deve R$ 228 mil à União

04 Outubro 2017
Publicado em Na Mídia

A polêmica sobre a medida provisória do novo Refis continua no Congresso. O texto-base foi aprovado na Câmara com diversas benesses a devedores da União.

Sindifiscal-ES: Estudo mostra que ES tem superávit de R$ 1,2 bi no 2º quadrimestre

04 Outubro 2017

Um estudo encomendado pelo Fespes (Fórum das Entidades dos Servidores Públicos) constatou que o Espírito Santo apresentou, no segundo quadrimestre de 2017, um superávit de R$ 1,24 bilhão. O montante é quase quatro vezes maior do que o superávit apresentado no primeiro quadrimestre (R$ 323,5 milhões).

De acordo com Recte Consultoria, empresa responsável por desenvolver o estudo para o Fespes, um dos fatores principais para a elevação é o aumento dos royalties de petróleo.

Temer critica 'medidas populistas' e defende reforma da Previdência

04 Outubro 2017
Publicado em Na Mídia

 O presidente Michel Temer criticou na noite desta segunda-feira as "medidas populistas" de governos anteriores, que geraram déficit fiscal e defendeu a necessidade de aprovação da reforma da Previdência. Para uma plateia de empresários, na abertura da Futurecom, feira do setor de tecnologia e telecomunicações, em São Paulo, Temer destacou a implantação do teto de gastos para limitar as despesas do governo.

Refis: Câmara perdoa dívida de entidades religiosas e livra devedores de encargos e honorários

04 Outubro 2017
Publicado em Na Mídia

Os deputados concluíram nesta terça-feira (3), depois de cerca de seis horas de sessão, a votação dos destaques ao texto-base do Refis, cujo relator é o deputado Newton Cardoso Jr. (PMDB-MG). O Refis abre possibilidade de que corruptor parcelem suas dívidas com a União. Uma emenda permitiu que o desconto sobre encargos legais e honorários de 25% para 100% e outra perdoa dívidas de entidades religiosas e instituições de ensino vocacional.

Participe do VII Enape. As inscrições foram prorrogadas!

03 Outubro 2017

 

 

Não fique de fora do VII Encontro Nacional de Aposentados, Aposentados e Pensionistas do Fisco Estadual e Distrital (Enape). As inscrições e o pagamento foram prorrogados até o dia 23 de outubro.

A Fenafisco apoia o Outubro Rosa

03 Outubro 2017

A Fenafisco apoia o Outubro Rosa e participa da luta contra o câncer de mama. 
Faça o autoexame. Prevenir é a melhor maneira de se cuidar.

Combate à sonegação supera R$ 1,5 bilhão no Rio Grande do Sul

03 Outubro 2017

O combate à sonegação de impostos segue batendo recordes em 2017 no Rio Grande do Sul. Ao todo, a constituição de créditos tributários na Receita Estadual atingiu R$ 1,52 bilhão de janeiro a agosto de 2017. O valor é 38% superior ao obtido em 2016, em valores atualizados pelo IGP-DI.

Chapa de unidade é registrada para eleições do Sindifisco-SE

03 Outubro 2017

Com chapa única, processo eleitoral será no dia 21 de novembro de 2017

Na tarde desta segunda-feira (2), a Comissão Eleitoral do Sindicato do Fisco de Sergipe (Sindifisco) recebeu o registro de uma única chapa, que concorrerá as eleições da nova Diretoria do Sindifisco. Denominada “A luta continua”, a chapa 1 é liderada pelo atual presidente do Sindifisco, Paulo Pedroza, candidato à reeleição.

Software ajuda Sefaz a combater sonegação

03 Outubro 2017
Publicado em Na Mídia

Programa usado pelos investigadores da Lava jato é adotado em Alagoas pela Fazenda Estadual em MP

Os métodos tecnológicos utilizados por investigadores da Lava Jato para localizar sonegadores e recursos escondidos no exterior serão aplicados pelo Ministério Público Estadual (MP) e pela Secretaria Estadual da Fazenda (Sefaz) para apertar o cerco nos crimes contra o Fisco Estadual. Por meio da tecnologia, ao aplicar a atualização do software que ajudou nas diligências da Lava Jato, conhecido como “Simba”, as autoridades alagoanas vão cruzar os dados com o objetivo de localizar recursos que foram lavados e escondidos por sonegadores.