Reforma Tributária é pauta de reunião do Pacto de Brasília com dep. Celso Sabino

135

Dirigentes da Fenafisco e representantes de outras entidades signatárias do Pacto de Brasília, participaram de reunião nesta terça-feira (27/4), com o deputado federal Celso Sabino (PSDB/PA), para tratar do andamento das propostas de reforma dos tributos e discutir ações pelo aprimoramento da administração tributária, com foco na justiça fiscal e fortalecimento do Fisco.

Na oportunidade o grupo apresentou ao parlamentar aspectos que merecem atenção nas às PECs 45/19  e 110/19, e reiterou a importância de reforçar a interlocução junto ao Congresso Nacional, com o objetivo de apresentar  aos parlamentares as demandas do Fisco nas três esferas e os pontos fundamentais que devem constar em uma proposta de Reforma Tributária, entre os quais, uma Administração Tributária forte, moderna e em consonância com as necessidades do Estado para melhor atender à sociedade.

Reafirmando seu compromisso com as carreiras do Fisco, Sabino declarou: “Um país que tem um Fisco forte tem mais propensão ao desenvolvimento. Reitero aqui meu compromisso. Caso o deputado Aguinaldo [relator na Comissão Mista] não contemple o sistema que entendemos ser o mais adequado, vamos apresentar emenda e conversar com os deputados. Se for preciso falar com os 513 deputados, nós falaremos!”. A expectativa é de que o parecer seja apresentado pelo deputado Aguinaldo Ribeiro (PP/PB) na primeira semana de maio.

Pela Fenafisco participaram: Glauco Honório, Francelino Valença, Ricardo Bertolini; Antônio Catete (Sindifisco-PA) e Wanderci Polaquini (Sidafep-PR)

Além dos representantes das entidades que integram o Pacto de Brasília (ANFIP, Afresp, Fenafisco, Fenafim, Unafisco, Sindifisco, Sindireceita, Febrafisco e Febrafite), o grupo conta ainda com participação do consultor e ex-deputado federal Luiz Carlos Hauly (PR).

(Com informações ascom ANFIP)

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.

X
X
X